Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Parvo

Um dos passageiros que chegam ao Além para aguardar viagem numa das barcas, a da Glória ou a do Inferno, que aí os aguardam, o parvo Joane é, no Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente, um dos agentes do cómico de linguagem, distinguindo-se por uma linguagem desbragada. Dentro do elenco de tipos sociais que desfilam neste auto, o parvo é a única personagem que tem a ousadia de injuriar o Diabo e a única condenada a aguardar, no cais, vez para entrar no Paraíso, onde, segundo o Anjo, seguramente terá lugar, já que "em todos [seus] fazeres, / per malícia não [errou]". Pela "simpreza" que o isenta de pecado, o Parvo exprime, segundo Óscar Lopes, a "candura dos pobres de espírito na sua agressividade instintiva e injuriosa contra o Diabo e os pecadores orgulhosos" (cf. Lopes, Óscar - "O Sem-Sentido em Gil Vicente" in Ler e Depois, 3.ª ed., Porto, Ed. Iniva, 1970, pp. 79-80) e aproxima-se de outras personagens da galeria vicentina que possuem a funcionalidade dramática de representar a inocência oposta ao poder, à maldade, à hipocrisia, como crianças, lavradores ou pastores. A essa funcionalidade acresce ainda, na Tragicomédia da Serra da Estrela, a expressão da evidência do desconcerto do mundo ou no Auto do Velho da Horta, mercê de uma inversão de papéis, a de voz da razão, ao, sob o risco de ser açoutado, tentar demover o velho apaixonado da sua conduta insana.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Parvo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-20 02:51:35]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros