Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Paulo IV

Papa italiano, nascido em 1476, na localidade de Capriglio, João Pedro Caraffa pertencia a uma nobre família napolitana. Em 1505 tornou-se bispo de Chieti, foi legado papal, em 1518 bispo de Brindisi e em 1524 ingressou na congregação dos clérigos regulares teatinos, que tinha criado com Caetano de Thiene.

Em 1536 tornou-se cardeal, formou parte da comissão a que Paulo III encarregou de elaborar um projeto de reforma da Igreja neste mesmo ano e de uma outra incumbida de detetar e castigar os hereges. Foi igualmente arcebispo de Nápoles e decano do Colégio Cardinalício. O seu papado ocorreu de 23 de maio de 1555 a 18 de agosto de 1559.

Com este papa a Sede romana entrou de novo em guerra, contra Espanha, uma vez que pretendia eliminar o poderio que este país detinha em Itália. Aliou-se a França para dar seguimento a este projeto, mas as tropas foram derrotadas em 1557.

Entretanto, o imperador Carlos V abdicou e foi eleito Fernando I para o suceder. O Sumo Pontífice declarou que não aceitava a renúncia, uma vez que não tinha sido consultado, mas não foi dada qualquer importância à sua objeção, tendo Fernando I sido coroado em 1558.

Nesse mesmo ano, falecendo Maria Tudor, voltou a produzir-se um corte com a Igreja de Inglaterra. Esta tornou-se anglicana, uma vez que o papa, ao receber os enviados ingleses que se tinham deslocado a Roma para concretizar a paz combinada no pontificado de Júlio III, não aceitou que os territórios que tinham pertencido à Igreja e que passaram para as mãos de senhores seculares não retornassem à propriedade da Santa Sede.

Paralelamente, a Reforma protestante avançava a passos largos, sobretudo em França e na Polónia. O papa tomou então medidas drásticas de reforma da Igreja Católica, entre estas a restrição dos judeus a um bairro e  obrigação de portar um distintivo, punição do concubinato e da simonia e obrigação dos religiosos a viverem sobretudo no claustro, o que até aí não se verificava.

Aumentou também o poder da Inquisição e publicou o Index librorum prohibitorum, uma lista dos livros que acarretavam a excomunhão a quem os lesse. Demasiado exagerada, foi posteriormente atenuada.

Tendo suscitado sobretudo ódio, pelo seu nepotismo e pela excessiva e injusta severidade, foi sepultado em São Pedro e trasladado mais tarde para Santa Maria sopra Minerva.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Paulo IV na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-13 19:44:33]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros