Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Pedro da Maia

É uma das personagens principais do romance Os Maias, de Eça de Queirós. Filho de Afonso da Maia e pai de Carlos Eduardo da Maia e de Maria Eduarda da Maia, suicida-se após a fuga da sua esposa Maria Monforte.

Vítima do meio, com excesso de proteção, da educação típica portuguesa e da hereditariedade, é um fraco, um frustrado, sem capacidade para enfrentar as situações. Pedro da Maia é o melhor exemplo da caracterização imposta pelo romance experimental naturalista. O meio social, de um Romantismo decadente e "torpe", levou-o a vaguear pelos "lupanares e botequins" e a dedicar-se à boémia, ou, em alternativa, às visitas do "lausperene" e outras leituras de "Vidas de Santos". A educação tradicionalista e conservadora de Pedro deformou-lhe a vontade, tornando-o devoto, piegas e fraco, arrastando-o para um casamento apressado, instável e falhado, que acabou no suicídio.

Hereditariamente, o retrato de Pedro assemelha-se em tudo ao de sua mãe, Maria Eduarda Runa, inclusive nos seus estados mórbidos: "Ficara pequenino e nervoso como Maria Eduarda, tendo pouco da raça, da força dos Maias; a sua linda face oval de um trigueiro cálido, dois olhos maravilhosos e irresistíveis, prontos sempre a humedecer se, faziam no assemelhar a um belo árabe. Desenvolvera se lentamente, sem curiosidades, indiferente a brinquedos, a animais, a flores, a livros. Nenhum desejo forte parecera jamais vibrar naquela alma meio adormecida e passiva: só às vezes dizia que gostaria muito de voltar para a Itália. Tomara birra ao padre Vasques, mas não ousava desobedecer lhe. Era em tudo um fraco; e esse abatimento contínuo de todo o seu ser resolvia se a espaços em crises de melancolia negra, que o traziam dias e dias mudo, murcho, amarelo, com as olheiras fundas e já velho. O seu único sentimento vivo, intenso, até aí, fora a paixão pela mãe." (Cap. I)
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Pedro da Maia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 21:36:10]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros