Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Peter Bogdanovich

Realizador norte-americano nascido a 30 de julho de 1939. Acérrimo cinéfilo, começou por ser crítico cinematográfico, tendo escrito também livros sobre Howard Hawks e John Ford. Em 1965, tornou-se ator e encenador teatral em Nova Iorque e foi no decurso de um espetáculo que conheceu o produtor e realizador Roger Corman. Foi este quem lhe deu o apoio necessário para realizar a sua obra de estreia: Targets (Alvos, 1967), um thriller de baixo orçamento protagonizado por Boris Karloff. O filme teve sucesso no circuito independente, o que levou os produtores a apostarem nele para realizar The Last Picture Show (A Última Sessão, 1971), um retrato de uma pequena cidade do Texas nos anos 50 e que rendeu dois Óscares aos atores Cloris Leachman e Ben Johnson, bem como uma nomeação para Bogdanovich para Melhor Realizador. Ao êxito do filme, seguiram-se outros como What's Up, Doctor? (Que se Passa, Doutor?, 1972) e Paper Moon (Lua de Papel, 1973). A partir daí, o seu trabalho decresceu de qualidade, somando fracassos de bilheteira como Daisy Miller (1974), Nickelodeon (Vendedores de Sonhos, 1976) e Saint Jack (Noites de Singapura, 1979). Aliado a isso, o seu nome fazia as parangonas dos tabloides de escândalos, devido aos seus envolvimentos afetivos com a atriz Cybill Shepherd e a playmate Dorothy Stratten (esta seria brutalmente assassinada pelo seu ex-marido em 1981). O realizador ainda deixou a sua marca em filmes como Mask (Máscara, 1985) e Texasville (1990), enveredando também por uma carreira de ator, surgindo esporadicamente em alguns episódios da série televisiva The Sopranos (Os Sopranos, 1997-2004).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Peter Bogdanovich na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-11 09:32:22]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros