Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Píndaro

O mais ilustre dos poetas líricos gregos, nasceu em 522 a. C., perto de Tebas, e morreu em 441 a. C.
Teve, de bem cedo, uma instrução musical e poética. Aos vinte anos era já autor de uma ode triunfal (pítica), e em todo o mundo grego, reis e cidades competiam para ser por ele celebrados nos seus versos.
As obras de Píndaro chegadas até nós são exclusivamente Epinícias e OdesTriunfais.
As Odes triunfais, cerca de 40 (à volta de 8000 versos), são catalogadas normalmente em quatro categorias, de acordo com os jogos a que se reportavam: Olímpicas, Píticas, Nemeias e Ístmicas.
As odes pindáricas são constituídas por três elementos cuja ordem e proporção podem variar: o elogio do vencedor, um episódio mítico e conselhos morais.
A poesia de Píndaro caracteriza-se pela grande elevação moral e pelo arrebatamento lírico, através de um sentimento de orgulho e ousadia de estilo.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Píndaro na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-24 20:19:44]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros