Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Porto de Espanha

Aspetos Geográficos
Capital de Trinidad e Tobago, Porto de Espanha situa-se no golfo de Paria, na costa noroeste da ilha de Trinidad, nas Caraíbas. Parte da cidade assenta em terreno plano, enquanto outra parte expande-se em direção às colinas. O seu clima típico é o tropical. Possui cerca de 55 000 habitantes (2006), que atingem perto de 300 000 quando se considera a sua área metropolitana.
História e Monumentos
A cidade foi fundada junto a uma aldeia piscatória ameríndia denominada Cumucurapo. Aí os espanhóis fundaram, no século XVI, um porto a que chamaram inicialmente "Puerto de los Hispanioles". Em 1757, a cidade tornou-se a capital do país, depois da decadência de S. José (a antiga capital). No final do século XVIII, a cidade já tinha crescido e estabelecido a traça do centro histórico que permanece ainda hoje. Em 1797, a cidade foi invadida pelos britânicos que passaram a colonizar o país, após a capitulação do governo espanhol. Durante o século XIX, a cidade cresceu em superfície graças ao terreno conquistado ao mar. No século seguinte, continuou a crescer em tamanho e importância, atingindo o seu auge em 1960. Durante a Segunda Guerra Mundial, a cidade albergou uma base militar dos EUA. Entre 1958 e 1962, Porto de Espanha foi capital da efémera Federação das Índias Ocidentais. A partir dos anos 60 do século XX, a população do centro começou a diminuir à medida que esta área se tornou crescentemente comercial, embora também crescessem os subúrbios da mesma. Entre os seus principais monumentos, destacam-se o Palácio da Justiça, a Câmara Municipal, o Supremo Tribunal, o Parlamento, a Biblioteca Nacional e a Catedral Anglicana da Santíssima Trindade.
Aspetos Turísticos e Curiosidades
O centro histórico da cidade corresponde à baixa, sendo o seu coração a Praça Woodford, uma espécie de oásis verde composto por uma fonte, um coreto e árvores. Trata-se de um local emblemático em termos de eventos políticos marcantes para a história do país. Um pouco a sul situa-se a Praça da Independência, próximo da qual se situam os edifícios mais altos da cidade e do país: as torres gémeas do Eric Williams Financial Complex, sede do banco central e do Ministério das Finanças, e a nova Nicholas Tower, um edifício de escritórios. A Frederick Street é a principal avenida da cidade.

Economia
A cidade constitui o principal centro económico e de negócios do país, sendo sede de alguns dos mais importantes bancos das Caraíbas. O seu porto desempenha também um papel importante no comércio externo, destacando-se a exportação de produtos como os têxteis e os produtos agrícolas. Também a função administrativa é importante para a sua dinâmica económica.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Porto de Espanha na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 13:54:04]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais