Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Portugal Futurista

A edição, em novembro de 1917, da revista Portugal Futurista, apreendida após o lançamento do seu número inaugural, dá a conhecer o futurismo estrangeiro, com transcrição de textos de Apollinaire, Blaise Cendrars e Marinetti; inclui uma homenagem a Santa-Rita Pintor, na qualidade de introdutor do movimento futurista em Portugal, reproduzindo os quadros Abstração Congénita Intuitiva (Matéria Força), Orfeu nos Infernos, Perspetiva Dinâmica de um Quadro ao Acordar e Cabeça = Linha Força. Complementarismo Orgânico. Ainda no âmbito das artes plásticas, Portugal Futurista reproduz os quadros de Amadeo de Souza-Cardoso Farol e Cabeça Negra. Aí são também publicados o Ultimatum Futurista às Gerações Portuguesas do Século XX de Almada-Negreiros e o Ultimatum de Álvaro de Campos; os textos simultanéistas de Almada, Mima Fatáxa e Saltimbancos, os poemas de Fernando Pessoa, Episódios e Ficções de Interlúdio, e Três Poemas, de Mário de Sá-Carneiro. Embora filiados em manifestações de vanguarda, nem todos estes textos e expressões artísticas se integram numa prática futurista estrita. Próximos da intenção de "manifesto futurista", nos dois "ultimatum" - o de Almada declarado às gerações portuguesas decadentes e passivas e o de Campos declarado a uma Europa onde "Homens, nações, intuitos, está tudo nullo! -, um eu "cantor-vidente do Futuro" proclama com arrogância, com agressividade e com cinismo a falência e morte de tudo o que existe e a necessidade de criar uma nova Humanidade.
Capa da revista "Portugal Futurista", editada em 1917
Almada-Negreiros, no n.º 1 da revista "Portugal Futurista"
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Portugal Futurista na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-26 00:05:53]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros