Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

quiproquó

Do latim quid pro quo, que significa "uma coisa pela outra", inicialmente o conceito referia-se a um diálogo no qual uma pessoa era confundida com outra, gerando, na maioria dos casos, uma situação cómica. Num sentido lato, utiliza-se quiproquó para designar um equívoco ou uma confusão de palavras.
Bergson explicou o conceito como uma situação que apresenta ao mesmo tempo dois sentidos diferentes: o que os atores lhe dão e o que o público lhe atribui.
No Renascimento português o teatro cómico recorria frequentemente a este tipo de artifício, como acontece, por exemplo, no Anfitrião ou Júpiter e Alcmena, de António José da Silva (inspirado no Anfitrião de Plauto) ou em Vilhalpandos, de Sá de Miranda.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – quiproquó na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-04 07:02:37]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais