Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

régua de cálculo

Inventada em 1622 pelo inglês William Oughtred, a régua de cálculo facilitava a realização de cálculos que não exigissem demasiada precisão.
Originalmente circular, o instrumento continha escalas em que a posição dos números era proporcional ao seu logaritmo.
Tirando partido das escalas logarítmicas, a régua de cálculo permitia fazer as operações básicas com uma precisão de quatro dígitos.
Exemplo de régua de cálculo
A primeira versão deste instrumento era cilíndrica e media cerca de cinco metros de comprimento, mas a sua construção foi-se aperfeiçoando e ainda no século XVII era possível utilizar réguas de cálculo circulares, cilindro/espirais e retangulares com ou sem cursor.
Este calculador analógico continua a ser utilizado quando não é necessário obter resultados muito precisos - precisão superior a três ou quatro decimais.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – régua de cálculo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-17 05:51:56]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais