Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Reis Macedónios do Egito

No ano 305 a. C., Ptolomeu proclama-se rei do Egito. Ptolomeu I Sóter ("o Salvador") estabeleceu uma dinastia que governou o Egito até à morte de Cleópatra e imposição plena do domínio de Roma.
Os seus herdeiros mantiveram durante quase um século (o século III a. C.) o Egito na categoria de primeiro reino helenístico, sobretudo pela sua riqueza, organização e destaque no mundo mediterrânico. Ptolomeu II Filadelfo (284-246 a. C.) e sua irmã-esposa Arsinoe recuperaram Celessíria, prudentemente abandonada por Sóter, e lançaram-se nas campanhas do Egeu, permitindo ao Egito adquirir possessões no exterior: Chipre, Cirene, Panfília, Lícia, diversas ilhas, Samos, Éfeso e Samotrácia. Filadelfo cria, de igual modo, o sistema de monopólio estatal e comercial que fez a fortuna da dinastia macedónica. O seu sucessor, Ptolomeu III Evérgeta, após um auspicioso início e a paz alcançada com os Selêucidas, momento de apogeu exterior do Egito, esmorece, rodeado de voluptuosidade (246-221 a. C.). Os reinados de Ptolomeu IV Filopáter e Ptolomeu V Epifânio, balizados entre 221 e 181 a. C., marcam a mudança de regime, com o desenvolvimento de perturbações nacionalistas e revoltas palacianas, apesar do êxito alcançado sobre Antíoco em Ráfia (217 a. C.), obtido com a mobilização de contingentes indígenas. A vitória de Antíoco posteriormente acarreta a perda da Celessíria (198 a. C.), privando o Egito das suas possessões exteriores, excetuando Chipre e Cirenaica.
Os séculos II e I assistem a uma longa e progressiva decadência, mitigada pelas intervenções pontuais de Evérgeta II (150-116 a. C.) e posteriormente acelerada pelas faltas de Aurele (80- 51 a. C.). Em 30 a. C., coincidindo com a morte de Cleópatra, Octávio integra o Egito no espaço romano.
Pinturas num túmulo egípcio
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Reis Macedónios do Egito na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-25 13:30:55]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros