Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Ridley Scott

Realizador inglês, Ridley Scott nasceu a 30 de novembro de 1937, na aldeia de South Shields. Em 1957, entrou para o Royal College of Arts de Londres onde estudou Artes e Cinematografia. Três anos depois, entrou para a BBC, onde trabalhou no Departamento Técnico. Em breve, começou a dirigir episódios de séries televisivas como Z Cars (1962), Adam Adamant Lives! (1966) e The Informer (1966). Abandonou a BBC em 1967 para se dedicar a uma carreira de free-lancer como realizador publicitário. A sua primeira longa-metragem foi The Duellists (O Duelo, 1977), a partir do romance de Joseph Conrad. Harvey Keitel e Keith Carradine personificaram o papel de dois oficiais franceses, que durante as Guerras Napoleónicas e em vários locais, entabulam um duelo à espada. O filme tornou-se um fenómeno de culto muito devido à sua sumptuosidade visual. Seguiu-se um projeto mais arrojado, o filme Alien (Alien, o Oitavo Passageiro, 1979), que foi um êxito mundial. A aliança entre o horror e a ficção científica personificada na figura de um monstro que aterroriza uma nave isolada no espaço resultou bem nas bilheteiras. Três anos depois, filmou Blade Runner (Blade Runner - Perigo Iminente, 1982) onde criou uma Los Angeles futurista onde Harrison Ford desempenha um polícia encarregue de perseguir androides. O sucesso do filme deu origem a um fenómeno Cyberpunk no campo da arte, literatura e música. O projeto seguinte foi dececionante: Legend (A Lenda da Floresta, 1985) apesar de protagonizado por Tom Cruise falhou em manter uma estrutura narrativa coerente. O subsequente Someone to Watch Over Me (Na Vigília da Noite, 1987) tentou trilhar o campo do thriller romântico mas falhou na bilheteira. Resultados diferentes teve o filme de ação Black Rain (Chuva Negra, 1989), uma história sobre a mafia japonesa protagonizada por Michael Douglas e Andy Garcia. Seguiu-se o mítico Thelma & Louise (1991), um road-movie sobre duas mulheres que, fartas dos maus tratos dos maridos, resolvem sair de casa e embarcar numa aventura pelas estradas americanas. Esta obra valeu a Scott uma nomeação para o Óscar de Melhor Realizador. Depois de 1492: Conquest of Paradise (1492: Cristóvão Colombo), iniciou-se um curto período incaracterístico, marcado por fracassos comerciais como White Squall (1996) e G. I. Jane (1997). Contudo, tudo se alteraria com o reconhecimento do épico Gladiator (Gladiador, 2000) onde o realizador conseguiu retratar com mestria a grandiosidade da Roma antiga. Desde então, Scott rodou mais duas superproduções: Hannibal (2001), um novo episódio na história do psicopata Hannibal Lecter, e o filme de guerra Black Hawk Down (Cercados, 2001), que retrata um episódio protagonizado pelas forças norte-americanas na Somália, com o qual recebeu nova nomeação para o Óscar de Melhor Realizador. Em 2003, realizou a comédia Matchstick Men (Amigos do Alheio), protagonizada por Nicholas Cage.
Cartaz de "Gladiator" (Gladiador), filme realizado por Ridley Scott, em 2000
Cartaz de "Blade Runner", um filme de Ridley Scott, de 1982, no qual participaram Harrison Ford e Sean Young, entre outros
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Ridley Scott na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-01 12:22:25]. Disponível em
Artigos
ver+
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Ridley Scott na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-01 12:22:25]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais