Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Rodrigo Santoro

Ator brasileiro, de seu nome verdadeiro Rodrigo Junqueira Reis dos Santos, nasceu a 22 de agosto de 1975 em Petrópolis, Rio de Janeiro. Filho de pai italiano, Rodrigo interessou-se cedo pela representação, quando fazia teatro de fantoches para a família. Frequentou a Universidade de Comunicação, ao mesmo tempo que se inscrevia na Oficina de Artes da Globo.
Começou a sua carreira na telenovela Pátria Minha, em 1994, a que se seguiu o papel de Serginho em Explode Coração.
Em 1996, estreou-se no cinema, na curta-metragem Depois do Escuro, de Dirceu Lustosa. Voltou à televisão em O Amor Está no Ar (1997) e na mini-série Hilda Furacão (1998), já com o papel de protagonista, Léo.
Em 2001, entrou na telenovela Estrela-Guia e fez de Neto no filme Bicho de Sete Cabeças, de Laiz Bodanski, que obtevem um considerável sucesso. Mas foi o papel de Tonio, em Abril Despedaçado, de Walter Salles, que lhe trouxe fama internacional.
Em 2003, entrou na telenovela Mulheres Apaixonadas e, no cinema, em Carandiru, de Hector Babenco - filme passado na prisão brasileira de Carandiru, em São Paulo, onde um médico vai fazer campanha de prevenção contra a sida junto dos prisioneiros e passa a conhecer as suas histórias. Rodrigo interpreta Lady Di, um travesti. Ainda em 2003, deu o salto para Hollywood, participando em Charlie's Angels: Full Throttle (Charlie's Angels: Potência Máxima) e em Love Actually (O Amor Acontece), uma comédia romântica de Richard Curtis, ao lado de Colin Firth, Lúcia Moniz, Emma Thompson, Liam Neeson e Hugh Grant.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Rodrigo Santoro na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-25 09:55:41]. Disponível em
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Rodrigo Santoro na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-25 09:55:41]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais