Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Romano Prodi

Político e governante italiano nascido a 9 de agosto de 1939, em Scandiano, Reggio Emília, na Itália. Presidiu à Comissão Europeia, entre 1999 e 2004, e foi primeiro-ministro de Itália em duas ocasiões.
Romano Prodi estudou na Universidade Milão, onde se doutorou em Direito, em 1961, com uma tese sobre o protecionismo no desenvolvimento da indústria italiana. Posteriormente, dedicou-se ao estudo da Economia em Londres.
A partir de 1963, foi assistente na Universidade de Bolonha, passando a professor associado três anos mais tarde. Em 1971, Romano Prodi iniciou nesta universidade a sua carreira de docente, que durou até 1999, lecionando Política Industrial e Economia. Também deu aulas em Stanford e Harvard, nos Estados Unidos da América.
Paralelamente ao ensino, dedicou-se à investigação na área da economia industrial, tendo publicado diversos estudos e ensaios. Foi ainda presidente da editora Il Mulino, entre 1974 e 1978, e fundou a Nomisma, sociedade de estudos económicos, em 1981.
Em 1978 e 1979, Romano Prodi acumulou funções com o cargo de ministro da Indústria, que desempenhou durante seis meses.
Foi ainda conselheiro do Papa João Paulo II para assuntos económicos da Europa de Leste e presidente do Instituto da Reconstrução Industrial, organismo do estado.
Em 1996, enquanto líder da coligação de esquerda "Oliveira", por si fundada no ano anterior, foi eleito primeiro-ministro. Tomou posse em maio desse ano e governou até outubro de 1998.
Em 1999, Romano Prodi foi unanimemente escolhido pelos quinze membros da União Europeia (UE) para presidir à Comissão Europeia, depois do anterior executivo ter sido demitido na sequência de um escândalo de corrupção. Durante a sua presidência foi introduzida a moeda única, o Euro, e foram concluídas as negociações para o alargamento da UE. Quando terminou o mandato, em 2004, foi substituído pelo português Durão Barroso.
Em maio de 2006, Prodi foi eleito primeiro-ministro de Itália, após umas disputadas eleições legislativas onde o seu partido - União de Esquerda - derrotou o partido Forza Italia, do até então líder do governo Silvio Berlusconi. Apesar da contestação da Forza Italia, Prodi tomou posse a 17 de maio e formou governo.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Romano Prodi na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 02:34:22]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros