Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Roy Orbison

Cantor e compositor norte-americano, Roy Kelton Orbison, nascido a 23 de abril de 1923, em Vernon, no Texas, foi contemporâneo de Elvis Presley e uma das figuras lendárias do Rock and Roll, destacando-se sobretudo pelas suas baladas.

Iniciou a sua carreira em 1956 com o single Ooby Dooby, seguindo-se-lhe um conjunto de singles de sucesso que se prolongaram até à década de 60: Only The Lonely (1960), I'm Hurtin' (1960), Running Scared (1961), Crying (1961), Dream Baby (1962), In Dreams (1963), Blue Bayou (1963), It's Over (1964) e Oh, Pretty Woman (1964) entre outros. Paralelamente desenvolveu a atividade de compositor para outros artistas de que "Claudette" e "Down The Line", cantados respetivamente por Everly Brothers e Jerry Lee Lewis, são exemplos.

A segunda metade da década de 60 marcou um declínio na sua carreira, ao qual não foram estranhos os acontecimentos trágicos que marcaram esta fase da sua vida: em 1966, a sua mulher, Claudette, morreu num acidente de mota, e em 1968 um incêndio destruiu a sua casa, tirando a vida a dois dos seus filhos.

Roy Orbison teve uma participação fugaz no cinema em The Fastest Guitar Alive (1967).

Nos anos 70 e 80 dedicou-se aos espetáculos em detrimento das gravações. Outros artistas recuperaram temas seus, como foi o caso de Linda Ronstadt ("Blue Bayou") e Don McLean ("Crying"). Em 1980 ganhou com Emmylou Harris o prémio Grammy para melhor interpretação country com o tema "That Loving You Feeling Again".

Em 1986 o tema "In Dreams" foi recuperado para a banda sonora do filme Blue Velvet. Em 1988, antes de falecer vítima de um ataque cardíaco a 6 de dezembro desse ano, envolveu-se no projeto The Traveling Wilburys (que incluiu George Harrison, Jeff Lyne, Bob Dylan e Tom Petty) e gravou o álbum a solo Mystery Girl (1989), o maior sucesso de vendas da sua carreira. Editado postumamente, este trabalho incluiu os êxitos "You Got It" e "She's A Mystery To Me" (composto por Bono).

Em 1996 foi editada a coletânea The Very Best Of Roy Orbison.

Roy Orbison marcou uma época na música pop mundial, deixando um legado valioso, que encantou várias gerações de apaixonados. O cunho pessoal de Orbison estendeu-se a trabalhos de outros artistas consagrados, em colaborações com Elvis Presley, Jerry Lee Lewis, Little Richard, Tom Petty, Ringo Starr e Emmylou Harris, entre outros.

Ao longo da sua carreira conseguiu vários êxitos destacando-se os temas "Running Scared", "Oh, Pretty Woman" e "You Got It". Foi laureado com quatro prémios Grammy, em 1980, 1986, 1988 e 1990.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Roy Orbison na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-28 04:43:21]. Disponível em

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros