Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

ruído (linguística)

Em teoria da informação, designa-se por ruído qualquer perturbação que ocorra na transmissão do sinal, tal como uma voz muito baixa, falta de atenção do recetor, muita informação, linguagem inadaptada ao público ou código mal adaptado. O mecanismo compensatório do ruído designa-se por redundância.
A teoria da comunicação adaptou o conceito de ruído para designar tudo aquilo que perturbe a comunicação linguística. Os ruídos podem afetar o plano da produção da mensagem (perturbações na articulação da fala, dificuldades de pronúncia, casos de homonímia lexical ou gramatical, etc.), o plano da receção da mensagem (falta de atenção, dificuldade de audição, incompreensão do código, etc.) ou ocorrer ao nível do canal (cruzamentos de vozes, por exemplo). A mensagem consiste numa mistura de sinal e de ruído. Se a quantidade de sinal for maior, a comunicação fica assegurada; se pelo contrário a quantidade de ruído for maior, deverão ser ativados mecanismos de redundância para manter a troca de mensagens entre emissor e recetor.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – ruído (linguística) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-17 05:50:54]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais