Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

sabedoria

Termo de origem grega, sophia é um termo fundamental na linguagem filosófica.
Designa uma forma superior de conhecimento caracterizado por supremo ser vital, influindo na vida de quem a possui, ser supremo, o conhecimento do absoluto, de Deus - ser ordenador, colocando ordem em todo o saber e atividade.
É a perfeição do conhecimento que consiste em conhecer a verdade divina e as demais verdades.
A sua compreensão torna-se tanto mais delicada quanto os seus significados são múltiplos.
Originariamente, sophia teve um sentido técnico ou prático, pois significava a habilidade para realizar uma determinada atividade. Poder-se-ia falar da sabedoria ou "arte" de qualquer fabricante. Mais tarde, foi adquirindo um sentido acentuadamente teórico, especulativo e passou a significar conhecimento. Desde a antiga Grécia, o termo sophia comportava esses dois aspetos: conhecimento e ação, saber e virtude. Era um conhecimento que se traduzia por uma forma de conduta.
Na tradição clássica ocidental, a sabedoria identificava-se com a própria Filosofia.
Consiste em dizer coisas verdadeiras e em agir segundo a natureza, escutando a sua voz.
Com Santo Agostinho, a sophia tinha uma conceção afetiva e religiosa, onde só se conhece verdadeiramente um bem amando-o.
O aristotelismo de São Tomás de Aquino não abandonou totalmente este conceito, mas reafirmou o carácter especulativo-comtemplativo da sabedoria. Distinguiu três sabedorias: a sabedoria filosófica, que era uma sabedoria adquirida; a sabedoria teológica, também adquirida; e a sabedoria enquanto dom.
Para Descartes, a sabedoria é o conhecimento de todas as coisas. Leibniz, mais tarde, veio na linha de Descartes e afirma que a sabedoria é o perfeito conhecimento dos princípios de todas as coisas e da arte de os aplicar.
Segundo Kant, a sabedoria é o acordo da vontade com o seu fim último, ideal, nunca atingido da razão prática.
Com Kierkegaard, a questão coloca-se novamente numa linha em que a sabedoria teria um carácter religioso.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – sabedoria na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-16 10:58:40]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais