Campanha de Aniversário da Escola Virtual
Livros e Autores

O Retiro

Sarah Pearse

A Imperatriz

Gigi Griffis

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

Seleuco I Nicátor

Rei da Síria, nascido provavelmente em 365 a. C., fundou a dinastia selêucida que vigorou na região entre os anos de 312 e 65 a. C., altura em que toda a zona foi integrada por Pompeu numa província romana.
Seleuco tinha sido antigo general de Alexandre, o Grande, da Macedónia, recebendo deste a Síria. Após a morte de Alexandre, e depois de uns primeiros reveses, entrou na Babilónia em 321 a. C. Demorou onze anos a dominar aqueles que pretendiam controlar a Síria, mas em 301 a. C., na batalha de Ipsos, conseguiu de uma forma efetiva estabelecer o domínio sobre o país, apesar de se lhe depararem novas dificuldades a este do Eufrates.
Com a conquista deste território e da Ásia Menor, formou um vasto império selêucida que ocupava uma mancha significativa entre o Eufrates e o Indo. Fundou, de igual modo, um número significativo de cidades que eram a seu tempo bastiões do helenismo, como, por exemplo, Seleucia do Tigre, que substituiu Babilónia como capital administrativa da Mesopotâmia.
Seleuco é assassinado por Ptolomeu Cerauno, rei do Egito, provavelmente no ano de 280 a. C.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Seleuco I Nicátor na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2023-01-28 22:17:56]. Disponível em
Livros e Autores

O Retiro

Sarah Pearse

A Imperatriz

Gigi Griffis

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov