Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Setúbal

Aspetos geográficos

Cidade, sede de concelho e capital de distrito, localiza-se na Região de Lisboa (NUT II) na península de Setúbal (NUT III), e fica na margem direita do estuário do rio Sado. A altitude máxima da cidade é de 20 metros. Dista 40 km de Lisboa e 360 km do Porto.
Brasão do concelho de Setúbal
Santuário de Nossa Senhora do Cabo, no Cabo Espichel, distrito de Setúbal
Vista do estuário do Sado
Ermida da Memória, no Santuário de Nossa Senhora do Cabo, Cabo Espichel, distrito de Setúbal
Monumento a Luísa Todi, uma das maiores intérpretes de ópera dos sécs. XVIII / XIX

O concelho tem uma área de 193,5 km2, distribuída por oito freguesias: Nossa Senhora da Anunciada, Santa Maria da Graça, S. Julião, S. Lourenço, S. Sebastião, S. Simão, Sado e Gambia-Pontes-Alto da Guerra.
Em 2005, o concelho apresentava 118 696 habitantes.

O natural ou habitante de Setúbal denomina-se sadino ou setubalense.

Situado a sul do rio Tejo, confina a norte com os distritos de Santarém e Lisboa, a sul com os de Beja, a leste com os de Beja e Évora, e a oeste com o oceano Atlântico. Os seus recursos hidrográficos são formados pelo rio Sado e seus afluentes: Odivelas, Xarrama, Alcáçovas, S. Martinho, Marateca, Corona e Arcão. No distrito encontram-se ainda as lagoas de Albufeira e Santo André. Quanto à orografia, é formado pelas serras da Arrábida, com a altitude máxima de 501 metros, Grândola e Cercal.

A área mais a norte do seu território pertence à Estremadura e a restante ao Alentejo.

Engloba a área de paisagem protegida da arriba fóssil da Costa da Caparica, o Parque Natural da Arrábida e a Reserva Natural do Estuário do Sado.

Numa área de aproximadamente 5067 km2 existem 13 concelhos: Álcacer do Sal, Alcochete, Almada, Barreiro, Setúbal, Sesimbra, Seixal, Palmela, Moita, Montijo, Grândola, Santiago do Cacém e Sines.


História e Monumentos


Segundo achados arqueológicos, a primitiva povoação que deu origem ao concelho de Setúbal parece ter sido edificada pelos Romanos, que lhe chamaram Cetóbriga. Repovoada após a conquista aos mouros, recebeu foral em 1249, passou a vila em 1525 e a cidade em 1860. É sede de distrito desde 1926.

Foi em Setúbal que se celebrou o casamento do rei D. João II, em 1471.

De entre as personagens notáveis de Setúbal, destacam-se os nomes do poeta Bocage e da cantora lírica Luísa Todi - ambos recordados na toponímia e na estatuária da cidade e o pintor e professor Celestino de Sousa Alves (1913-1974), distinguido com vários prémios, agraciado com o grau de Oficial da Ordem de Instrução Pública e, também, homenageado em nome de rua. De referir também outros artistas setubalenses como João Vaz, Fernando dos Santos, Lima de Freitas e Augusto Júlio.

Na cidade encontram-se alguns monumentos notáveis, como o Convento das Freiras de Jesus, edifício delineado pelo arquiteto Boitaca, autor do projeto do Mosteiro dos Jerónimos. Nesse edifício, encontra-se o museu da cidade, com admiráveis pinturas e valiosos quadros, alguns deles atribuídos à oficina de Jorge Afonso.

Para além do convento, são também de destacar as igrejas de S. Julião e de Santa Maria, o cruzeiro junto à Igreja de Jesus, o pelourinho (coluna em mármore, situada na Praça de D. Pedro), o Forte de S. Filipe e a Torre de Outão.

O património estende-se aos outros concelhos do distrito. Em Almada, o destaque vai para a igreja e antigo convento de S. Paulo; em Sesimbra, evidenciam-se os paços do concelho, a Igreja Matriz e a igreja da Misericórdia; em Alcochete, a Igreja Matriz e igreja da Misericórdia e em Palmela, o castelo.


Tradições, Lendas e Curiosidades

O feriado municipal do distrito é a 15 de setembro.

A principal festa do concelho de Setúbal é a Festa do Círio da Arrábida, a 28 de junho. No terceiro domingo de cada mês tem lugar o mercado e a 25 de julho realiza-se a Feira de Sant'Iago.

No distrito realizam-se muitas outras festas e romarias durante o ano, das quais se destacam: a Festa das Vindimas, com um cortejo alegórico, a feira de maio e a Festa de Todos os Santos, em novembro, no concelho de Palmela; a N. Sra. da Penha e a feira de agosto, no concelho de Grândola; a festa dos Santos Populares, em Alcácer do Sal; as festas do Barrete Verde e das Salinas e Festa da Confraternização Camponesa, em Alcochete; e o Festival de Música dos Capuchos, no Convento dos Capuchos, na Costa da Caparica, em Almada.

No concelho do Seixal, podem observar-se moinhos de maré, construídos nas margens dos estuários dos rios. O moinho de Corroios, primeiro moinho a ser construído no Seixal, em 1403, a mando de Nuno Álvares Pereira, é considerado património municipal e ainda funciona.

As touradas prevalecem como um dos elementos característicos da cultura deste distrito.

Um dos produtos mais representativos do artesanato são as rendas de Setúbal. A produção alarga-se aos outros concelhos, fabricando-se cadeiras de buinho, barcos em miniatura, trabalhos em esparto, instrumentos musicais, azulejaria e trabalhos em madeira e cortiça.


Economia

O distrito apresenta uma importante atividade agrícola, sendo famosas as laranjas e as uvas moscatel, das quais se produz um vinho de excelente qualidade. Tanto as laranjas como o vinho são exportados em larga escala. Nas suas terras cultivam-se também cereais, produtos hortícolas e olivais.

Num distrito com velhas tradições marítimas, a pesca representou outrora uma atividade relevante na economia da região, agora ameaçada pela poluição e pela escassez de recursos piscícolas. Desta atividade restam ainda as embarcações típicas, como o saveiro da Caparica, e os trajes dos pescadores. O concelho de Setúbal foi um dos maiores centros de conserva de sardinha do país, tendo contado com cerca de 120 fábricas em 1920. Atualmente é um grande centro salineiro e o terceiro maior porto de mar, com uma grande extensão de cais acostável e docas para barcos de recreio e de pesca.

A extração de sal, a exploração de pedreiras e minas metálicas, o fabrico de cimentos e o comércio ocupam parte significativa da população ativa, tendo um forte peso na economia do distrito, onde se localiza um dos maiores centros industriais do país, evidenciando-se o concelho do Barreiro.

O património ambiental da serra da Arrábida, o monumento do Cristo-Rei, em Almada, e as praias da Costa da Caparica, Santo André e Troia potencializam o turismo como uma atividade em crescimento.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Setúbal na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-22 02:02:07]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros