Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Shu

Divindade do panteão egípcio que compõe a Enéade heliopolitana. O deus da atmosfera, seria filho de Atum. De acordo com uma das versões Shu e Tefnut, sua irmã e consorte, teriam nascido como resultado da masturbação de Atum. Outras versões defendem que Shu seria o "sopro" divino de Atum, enquanto Tefnut teria sido gerada da saliva do mesmo. O par era cultuado como casal leonino em Leontópolis. O signo hieroglífico de Shu é a pluma, que dá leitura ao seu nome. Enquanto representante do ar, foi associado à luminosidade, sendo também identificado como deus da luz solar. Aparece, para além disso, frequentemente relacionado com os deuses lunares Tot, Khonsu e Khnum. Surge, em vário papiros, separando duas figuras: a sua filha Nut, deusa do céu, que se encontra arqueada sobre Geb, deus da terra, também seu filho. Ao erguer a abóbada celeste, Shu separa o céu da terra, função que está implícita numa das possíveis traduções do seu nome: "O que ergue".
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Shu na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-29 11:13:37]. Disponível em

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros