Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

significado

Termo que possui muitas interpretações consoante a área em que é tratado, sendo porém um conceito fundamental em semântica linguística. Podemos falar de significado de um fonema em fonologia, do significado de um morfema em morfologia, do significado de uma frase em sintaxe, do significado de um texto em análise do discurso. O significado é assim um conceito transversal a todos os planos do conhecimento linguístico.
O significado é uma dimensão do signo linguístico juntamente com o significante, segundo a definição proposta por Ferdinand de Saussure no seu Cours de Linguistique Général (1915).

O significado é a dimensão conceptual do signo, a imagem psíquica, mental do significante. É a face não imediatamente percetível do signo onde está encerrado o sentido. É uma representação mental de uma entidade ou classe de entidades tornada consciente nas mentes do emissor e do recetor. Trata-se de uma representação psíquica constante, embora não necessariamente coincidente entre todos os falantes, mas suficientemente genérica que engloba não apenas um objeto particular mas a classe ou espécie de objetos em que esse objeto particular se insere. O significado da palavra <gato> é em primeiro lugar aplicável a um exemplar em particular como representante da espécie dos gatos, mas engloba também o conjunto de propriedades físicas que nos permitem distinguir a espécie dos gatos de outra espécie qualquer. Émile Benveniste distinguiu significado, conteúdo semântico e cognitivo do signo, de referente, o objeto físico com existência real para o qual o signo remete.
A semântica estrutural procurou analisar o significado em termos de análise sémica (sema e semema), através de processos semelhantes aos usados para fazer a análise fonológica em traços fonológicos distintivos. Esta análise decompõe o significado de um lexema em condições necessárias e suficientes, ou seja, em unidades mínimas significativas - os semas, em que o semema seria o resultado da soma dos semas.
O processamento do significado pelo cérebro dos falantes foi redimensionado em termos de categorização e de protótipos pela semântica cognitiva, o que representou um progresso importante para a compreensão do processo da significação psíquica da realidade envolvente.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – significado na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-03 12:30:23]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais