Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Sofala

Sofala, praça situada na costa oriental africana, foi fulcral no comércio das especiarias e outros produtos, tendo integrado a política além-mar do rei D. João II. O monarca enviou inclusivamente Pero da Covilhã como emissário, encarregue de dispor favoravelmente os locais nesse sentido. Houve contudo dificuldades nas transações comerciais em África e parte da Índia, uma vez que era geral a desconfiança em relação a pessoas que professassem outro credo que não o muçulmano.
O porto de Sofala era também aquele por onde saíam os carregamentos de ouro de Monomotapa (que lá chegavam através dos rios Revue, Busi e Punge), ambicionados pelos portugueses por lhes permitirem pagar as especiarias importadas da Índia (sobretudo a pimenta da Costa do Malabar). Além de ser um local comercialmente estratégico, era igualmente um bom ponto de apoio à navegação, uma vez que permitia paragem para reabastecimento e de espera do fim das monções.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Sofala na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-11-28 11:49:43]. Disponível em
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais