Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Sri Lanka

Geografia
País insular do Sul da Ásia. Constituído pela ilha de Ceilão e por pequenas ilhas adjacentes, situa-se no oceano Índico e ocupa uma área de 65 610 km2. Está separado da costa sudoeste da Índia pelo estreito de Palk. As principais cidades são Colombo, a capital, com 669 700 habitantes (2004), Dehiwala-Mount Lavinia (218 800 hab.), Moratuwa (184 800 hab.), Jaffna (172 300 hab.) e Sri Jayewardenepura Kotte (120 800 hab.).
A proximidade com a Índia facilitou a interação cultural entre os dois povos. Devido a ser uma zona de passagem das rotas marítimas do Índico, este país esteve exposto a influências culturais de outras civilizações asiáticas. Os topógrafos gregos chamam-lhe Taprobana e mais tarde outros europeus designaram-no Ceilão. Oficialmente, tornou-se Sri Lanka em 1972.
Vista aérea, Sri Lanka
Templo Hindu, no Sri Lanka
Bandeira do Sri Lanka
Clima
Tem clima tropical de monção com características muito próximas do clima equatorial, sobretudo no sudoeste da ilha de Ceilão. Aqui, a precipitação regista dois máximos anuais, em maio e em outubro.
Economia
A economia baseia-se no chá, têxteis e turismo. A agricultura contribui com cerca de 1/4 do PIB; contudo, o país não produz o suficiente para as suas necessidades. São produzidos cereais, algodão, borracha e chá. Ao chá está atualmente ligada a produção de saquetas, pacotes e ainda chá instantâneo. Grande parte da indústria foi nacionalizada em 1971 e o desenvolvimento económico tem sido subsidiado pelo Fundo Monetário Internacional.
O conflito com os tâmiles tem perturbado, direta ou indiretamente, a economia do país, sendo o turismo um dos setores mais afetados. Os principais parceiros comerciais do Sri Lanka são os Estados Unidos da América, o Japão, a Índia e o Reino Unido.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 0,5.
População
A população é de 20 222 240 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 305,82 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 15,51%o e 6,52%o. A esperança média de vida é de 73,41 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,730 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,726 (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 22 594 000 habitantes.
A civilização do Sri Lanka remonta ao século VI a. C. Os povos mais antigos da ilha são os tâmiles e os cingaleses. Os descendentes destes dois povos ainda hoje lutam entre si. Os cingaleses constituem 83% dos habitantes do país, os tâmiles representam 9% e os mouros do Sri Lanka 8%. As principais religiões são o budismo (69%), o hinduísmo (16%), o islamismo (8%) e o cristianismo (8%). O tâmul (ou tâmil) e o cingalês são as línguas nacionais - embora o cingalês seja a oficial e o inglês uma língua também bastante falada.
Arte e Cultura
Dizem os budistas que Buda deixou a marca do seu pé no topo do pico de Adão, uma montanha situada nas terras altas do Centro-sul e que se eleva a 2243 metros de altitude; os hindus afirmam que a pegada foi deixada pelo deus Xiva e os muçulmanos atribuem-na a Adão, por este facto, o local é ponto de encontro de peregrinos de todas estas religiões. Existem por toda a ilha templos e estátuas budistas e monges de vestes de cor de açafrão.
História
No século XI, os tâmiles, hindus vindos do Sul da Índia, expulsaram para sul os cingaleses budistas, forçando-os a erigir um novo reino nas regiões montanhosas do interior e em redor da cidade de Kandy. Ao Sri Lanka chegaram depois mercadores árabes em busca de especiarias. Os colonizadores portugueses chegaram à ilha em 1505. Em 1796 os Ingleses tomaram a ilha, à exceção do reino cingalês. Os Ingleses desenvolveram as plantações de café nas montanhas, mas, por volta de 1870, as colheitas foram dizimadas por uma doença e o café foi substituído pelo chá do Ceilão, atualmente responsável por grande parte das exportações.
Os conflitos sucederam-se depois de o país se ter tornado independente da Grã-Bretanha em 1948. Até aqui os tâmiles, embora constituindo uma minoria, ocupavam grande parte dos postos administrativos, mas desde 1972 que a maioria cingalesa tem vindo a ocupar esses mesmos postos. Ambos os povos possuem uma elevada taxa de alfabetização, a maior de todos os países asiáticos, com exceção do Japão. O movimento contra a discriminação do povo tâmil começou com uma campanha não violenta, mas degenerou numa feroz luta de guerrilha. Os governos da União Indiana chegaram, entretanto, a um acordo de pacificação com a zona tâmil em 1986. Este acordo viria a falhar, registando-se atos terroristas e constantes ataques bombistas.
Uma catástrofe natural abalou o país a 26 de dezembro de 2004. Nesse dia, registou-se o maior terramoto dos últimos tempos (8,9 graus da escala de Richter) com epicentro ao largo da ilha indonésia de Samatra. Este sismo originou maremotos que assolaram a costa de vários países do sudeste asiático, entre eles o Sri Lanka (o mais afetado), seguido da Indonésia, Índia, Tailândia, Malásia, Maldivas e Bangladesh, tendo provocado milhares de mortos e de desalojados.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Sri Lanka na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-16 08:44:50]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais