Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Tallinn

Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade da Estónia, Tallinn localiza-se na costa norte do país, junto ao golfo da Finlândia. Constitui o principal porto mercante do país, ficando a 80 km para sul de Helsínquia. É atravessada por uma falésia de calcário. Possui cerca de 400 000 habitantes (2007).
História e Monumentos
Terminal de descarga de minério de ferro em Tallinn
A primeira referência cartográfica da localidade data do século XII. No início do século XIII, era um importante ponto de passagem entre a Rússia e a Escandinávia. Em 1219, passou a ser governada pela Dinamarca. Em 1285, tornou-se a mais nortenha das cidades membro da Liga Hanseática, uma aliança militar e mercantil germânica. Em 1346, foi vendida pelos dinamarqueses aos cavaleiros teutónicos, gozando nesta altura de uma importante posição estratégica e de importantes muralhas e torres defensivas. Em 1561, tornou-se politicamente dominada pela Suécia, mas em 1710 os suecos capitularam perante os russos, embora as instituições locais tivessem mantido alguma autonomia cultural e económica. Até ao final do século XIX, a cidade era conhecida por Reval. Após um período de ocupação russa e outro alemão, integrou um estado independente em 1920, até à Segunda Guerra Mundial. Durante a guerra, foi ocupada pela Alemanha nazi, mas em 1944 foi anexada pela União Soviética. Em 1991, recuperou o estatuto de capital da Estónia independente. A cidade velha foi classificada em 1997 pela UNESCO como Património da Humanidade. Entre os seus principais monumentos, destacam-se a Igreja de Santo Olavo (que chegou a ser o edifício mais alto do mundo no século XVI) e a Catedral de Alexandre, o Grande.
Aspetos Turísticos e Curiosidades
Particularmente com a abertura após a independência, em 1991, a cidade tornou-se alvo do interesse turístico. A este nível, merece particular destaque a pitoresca cidade velha, que é uma das mais bem preservadas da Europa, incluindo as muralhas antigas da cidade. Também a área denominada Toompea proporciona diversos interesses: para além dos edifícios governamentais e diversas embaixadas, merece destaque a imponente catedral ortodoxa construída durante o domínio russo e também a catedral luterana. Outro local de destaque é o Palácio de Kadriorg, situado a 2 km do centro, em tempos ocupado por Pedro, o Grande, agora parte do Museu de Arte da Estónia e parte residência presidencial.

Economia
Centro administrativo, cultural e económico do país, a cidade desenvolveu nos tempos mais recentes uma particular apetência pelo setor das tecnologias da informação, em parte devendo-se ao Instituto de Cibernética que a cidade já possuía de tempos soviéticos. Para além dessa, a cidade tem por principais setores económicos os têxteis, a iluminação, a indústria alimentar e também os serviços. O turismo tem vindo também a crescer de forma intensa.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Tallinn na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-30 21:34:42]. Disponível em

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros