Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Thomas Paine

Escritor inglês, nascido em 1737 e falecido em 1809, publicou nos Estados Unidos da América, em 1776, o panfleto Common Sense, incitando os americanos a lutarem pela independência do seu país; ajudou a criar um sentimento nacional que inspirou a elaboração de Declaration of Independence. A série intitulada The Crisis deu seguimento a esta temática. Em 1787 regressou a Inglaterra, onde em resposta à obra Reflections on the French Revolution, de E. Burke, escreveu The Rights of Man, na qual defendeu a revolução, insistindo que o Homem não deveria estar subordinado a governantes selecionados pela hereditariedade.
Acusado de traição, fugiu para Paris, onde concluiu The Age of Reason, um ataque ao Cristianismo e à Bíblia, o que aumentou o ódio com que era visto em Inglaterra, onde os seus livros e efígie eram repetidamente queimados. Regressou aos EUA em 1802, onde as suas opiniões sobre a religião e oposição a Washington o tornaram impopular. No entanto, não pode ser negada a sua influência, quer a nível político, quer a nível filosófico. Foi um defensor da igualdade entre os homens, do contrato social, tendo, contudo, moldado estes conceitos ao seu ideal humanitário. O seu sucesso decorre da simplicidade dos argumentos que apresentou e da força e paixão da sua escrita.
Thomas Paine, escritor inglês
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Thomas Paine na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-30 11:32:26]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais