Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Tratado de Comércio Luso-Britânico de 1815

O tráfico de escravos foi um dos grandes problemas com que se debateram os diplomatas portugueses no século XIX.
Após a assinatura de um tratado de aliança entre Portugal e a Inglaterra, a 19 de fevereiro de 1810, assinado pelo príncipe regente D. João VI, por Portugal, e Lord Strangford, como representante do rei Jorge III de Inglaterra, pelo qual o País se comprometia a cooperar com o governo britânico para promover a extinção gradual do tráfico de escravos nos estabelecimentos de Bissau e Cacheu, seguiu-se em 1815, no âmbito do Congresso de Viena e dos seus Acordos, a subscrição de uma declaração, datada de 8 de fevereiro de 1815, sobre a abolição do tráfico de escravos, declaração esta que foi incorporada no Ato Final deste Congresso. Todos os monarcas dos países intervenientes e assinantes desta declaração comprometiam-se a pôr fim ao tráfico negreiro, num prazo breve que deveria ser estabelecido através de negociações.
Surge, assim, um novo tratado luso-britânico a 22 de fevereiro de 1815, segundo o qual Portugal ficava proibido de comprar e traficar escravos ao norte do equador, sendo ambos os países obrigados a estipular, através de um tratado, a altura em que o comércio de escravos negros cessaria por completo em todos os domínios portugueses.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Tratado de Comércio Luso-Britânico de 1815 na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-14 08:25:03]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros