Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Trípoli

Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade da Líbia, Trípoli localiza-se no Noroeste do país, ao largo da costa mediterrânica. Fica também muito próxima da fronteira com a Tunísia. Tem um clima temperado mediterrânico, caracterizado por verões quentes e invernos amenos. Possui cerca de 1 700 000 habitantes (2006).
História e Monumentos
Torres Dat Alemad em Tripoli
A cidade foi fundada no século VII a. C. pelos Fenícios. Passou depois pelo domínio dos Cartagineses e dos Romanos, que a incluíram na sua província africana. Por volta do século III a. C., tornou-se conhecida como Régio Tripolitana (região das três cidades). Tal como a parte restante do Norte de África, foi conquistada pelos Muçulmanos no início do século VIII. Em 1510, foi conquistada pelos espanhóis, mas em 1523 passou para o domínio dos cavaleiros de S. João. No século XVIII e inícios do século XIX, a cidade era palco frequente da pirataria, o que a fez envolver-se nas Guerras Bárbaras com os EUA. A partir de 1835, passou a ser controlada pelos turcos, mas em 1911, com a guerra entre italianos e turcos, a cidade passou para domínio dos primeiros. A Itália exerceu o poder até 1943, altura em que foram os britânicos a ocupar Trípoli. Em 1951, deu-se a independência da Líbia, mantendo-se Trípoli como capital. O Assaraya al-Hamra (ou Castelo Vermelho) é um dos seus monumentos mais importantes, dominando a paisagem.
Aspetos Turísticos e Curiosidades
Enquanto cidade bastante aberta ao turismo, Trípoli possui muitos locais de interesse. A zona antiga da cidade é mesmo um dos locais clássicos da bacia mediterrânica, mantendo-se genericamente na parte intramuros o ambiente tradicional da mesma. Nas muralhas bem preservadas existem três entradas. O único monumento romano que sobrevive na cidade é o Arco de Marco Aurélio. As mesquitas de Gurgi e de Karamanli são bons exemplos da qualidade de construção local. Podem encontrar-se roupas e joias de boa qualidade nos mercados locais. Relativamente a museus, destacam-se o Museu Jamahiriya, o Museu Etnográfico, o Museu Epigráfico e o Museu Islâmico.

Economia
Centro administrativo, cultural e económico do país, a cidade concentra a maior parte das empresas do país, assim como algumas internacionais. As suas principais produções abrangem os produtos alimentares, têxteis, materiais de construção e tabaco. A partir do levantamento das sanções económicas contra o país (em 1999 e de novo em 2003), aumentou o investimento estrangeiro na cidade, assim como o turismo. É servida pelo aeroporto internacional de Trípoli.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Trípoli na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-02 01:02:56]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais