Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Turquemenistão

Geografia
País da Ásia Central. Banhado pelo mar Cáspio, a oeste, faz fronteira com o Cazaquistão, a norte, o Usbequistão, a norte e a leste, o Afeganistão, a sudeste, e o Irão, a sudoeste. Abrange uma área de 488 100 km2. As suas principais cidades são Ashgabat, a capital, com 744 300 habitantes (2004), Chärjew (216 700 hab.), Dashhovuse (162 900 hab.), Mary (115 700 hab.) e Nebitdag (87 800 hab.).
É um país praticamente desértico, principalmente a zona de Karakum, uma das maiores extensões desérticas do mundo, onde a vegetação e a agricultura só são possíveis nos oásis, dos quais se destaca o Kopet Dag, no Sul.
Bandeira do Turquemenistão
A maioria dos rios situa-se na parte oriental. O rio principal é o Amudária, ao longo do qual foram construídos vários canais, como o Karakum.
Clima
Tem um clima desértico ou semidesértico, com verões quentes e invernos rigorosos.
Economia
O Turquemenistão possui apreciáveis reservas de petróleo e gás natural. O país também é rico em sal e potássio e tem o melhor algodão do mundo e a célebre lã de caraculo.
Os principais parceiros comerciais do Turquemenistão são a Rússia, os Estados Unidos da América, a Ucrânia e a Turquia.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 6,4.
População
A população é de 5 042 920 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 10,15 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 27,61%o e 8,6%o. A esperança média de vida é de 61,83 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,748 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) não foi atribuído (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 7 053 000 habitantes. Os principais grupos étnicos são os turquemenos (77%), os usbeques (9%), os russos (7%), cazaques (2%) e tártaros (1%). As religiões mais importantes são o islamismo sunita (87%) e o cristianismo ortodoxo russo (6%). A língua oficial é o turquemeno.
História
Os Turquemenos eram um povo nómada que se dedicava à pastorícia e que foi conquistado pelos Russos no século XIX. Com o domínio soviético, foram obrigados à sedentarização e a partir de 1930 a economia foi reconstruída e surgiram plantações de algodão e a extração de gás. É um país muçulmano que concede ao seu povo a nacionalidade russa. Tornou-se independente da ex-União Soviética a 27 de outubro de 1991. Para melhor demarcar a sua autonomia adotou um alfabeto latino.
O Turquemenistão faz parte da Comunidade de Estados Independentes, mas foi o único país da Ásia Central a recusar-se a assinar o acordo de integração militar. Sem quebrar oficialmente com a CEI, guarda para si uma política autónoma. Recusou-se também a participar no conjunto de forças destinadas a manter a paz no Tajiquistão. O sistema de decisão económica e política depende da autorização direta do presidente. A Constituição, adotada em 1992, instituiu um sistema presidencial reforçado pelo culto da personalidade. O nome do presidente foi dado ao aeroporto e a várias ruas do país. Em janeiro de 1994 um referendo prorrogou o mandato do presidente Saparmourad Nyazov.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Turquemenistão na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-04 08:13:04]. Disponível em
Artigos
ver+
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Turquemenistão na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-04 08:13:04]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais