Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Um Grito

Poema de forte intenção nacionalista, da autoria de Luís Osório, surgido no ano do Ultimato inglês, significativamente dedicado "à mocidade das escolas portuguesas", já que o tema da obra é simultaneamente a decadência da pátria e a esperança na sua regeneração: "O cáustico aplicou-se enfim ao moribundo;/ Raiou quase um clarão, no escuro céu que abarco.../ Vamos ver se depois do grito gemebundo/ O doente, acordando em estremeção profundo,/ Pode erguer-se de pé, e abandonar o charco"; "Bandeira nacional! Eia, sagrado emblema!/ É preciso adorar esta visão suprema,/ Erguê-la num transporte".
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Um Grito na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-04 01:44:27]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais