Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Vila Nova de Gaia

Aspetos Geográficos
O concelho de Vila Nova de Gaia, do distrito do Porto, localiza-se na Região Norte (NUT II), no Grande Porto (NUT III) e fica situado na margem esquerda do rio Douro, em frente à cidade do Porto. Integra a Área Metropolitana do Porto. Possui uma extensa marginal fluvial e uma faixa litoral que se estende até ao concelho de Espinho.
Confronta-se com os concelhos do Porto, na margem norte do rio Douro, ao qual está ligada por cinco pontes, e com Gondomar, fazendo ainda fronteira com Santa Maria da Feira e Espinho (distrito de Aveiro) a sul e Gondomar a oriente.
Brasão do concelho de Vila Nova de Gaia
Vista de Vila Nova de Gaia e parte da ponte D. Luís, a partir da ribeira do Porto
Claustro do Mosteiro da Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia
Entrada do Mosteiro de S. Salvador de Grijó, no concelho de Vila Nova de Gaia
Tem apresentado um intenso crescimento urbano, que cada vez mais se alarga às freguesias mais periféricas do concelho, coabitando em espaços muito próximos modernas unidades industriais e superfícies comerciais com antigas quintas rurais, que ainda preservam alguns dos traços rurais do concelho.
Com uma área de 168,7 km2, compreende 24 freguesias: Arcozelo, Avintes, Canelas, Canidelo, Crestuma, Grijó, Gulpilhares, Lever, Madalena, Mafamude, Olival, Oliveira do Douro, Pedroso, Perosinho, Sandim, Santa Marinha, São Félix da Marinha, São Pedro da Afurada, Seixezelo, Sermonde, Serzedo, Valadares, Vilar de Andorinho e Vilar do Paraíso.
Em 2005, o concelho apresentava 297 296 habitantes.
O natural ou habitante de Vila Nova de Gaia denomina-se gaiense ou vila-novense.

História e Monumentos
O povoamento do concelho data das épocas mais remotas do período neolítico. O foral de D. Afonso II, em 1255, dá origem à Vila de Gaia e o foral de D. Dinis, de 1288, cria a Vila Nova de Rei. Coexistem dois concelhos vizinhos mas distintos, o de Gaia e o de Vila Nova.
O concelho de Vila Nova de Gaia teve origem no foral de D. Fernando em 1367, sendo integrado na jurisdição do Porto.
Mais tarde, os ingleses instalaram-se no concelho, construindo os armazéns para a exportação do vinho que correspondem às atuais caves do vinho do Porto.
No início do século XIX, Vila Nova de Gaia, mais precisamente o mosteiro da Serra do Pilar, é palco das lutas das Invasões Francesas e das lutas liberais.
Em 1984, Vila Nova de Gaia foi elevada a cidade.
Do vasto património do concelho destacam-se monumentos como a Igreja e o Convento da Serra do Pilar, a Igreja de Santa Marinha, de raiz quinhentista, o Mosteiro de Grijó, o Convento Dominicano de Corpus Christi, o solar dos Condes de Resende, solar dos Condes de Campo Belo e o aqueduto da Serra do Pilar.
Tradições, Lendas e Curiosidades
Realizam-se várias feiras nas diferentes freguesias do concelho: aos sábados, feira em Arcozelo, Avintes e Carvalhos. Em Pedroso é às quartas-feiras.
No domingo imediato ao dia de Santana tem lugar a romaria de Santana, em Oliveira do Douro. Em Gulpilhares, tem lugar a romaria de S. Brás, no dia da Purificação de Nossa Senhora e Senhor da Pedra, no domingo a seguir ao do Espírito Santo. Em Pedroso, realiza-se a romaria de Nossa Senhora da Saúde, a 15 de agosto, e S. Bento, no domingo imediato ao da transladação de S. Bento. Em Arcozelo, tem lugar a festa de Nossa Senhora dos Remédios, no Parque de Maria Adelaide. Por fim, na freguesia de Santa Marinha, realiza-se a festa de Nossa Senhora da Serra do Pilar, a 15 de agosto e S. Gonçalo, no primeiro domingo de janeiro.
O feriado municipal é o dia de S. João, a 24 de junho. A festa de S. João é de carácter popular. Por tradição, de véspera ao jantar comem-se sardinhas assadas na brasa, lançam-se no ar os balões de S. João, cheiram-se os manjericos com as quadras populares e contempla-se o fogo de artifício sobre o rio Douro à meia-noite. A festa prolonga-se pela noite dentro.
As gentes de Vila Nova de Gaia são conhecidas pelo seu espírito associativo, existindo nas várias freguesias inúmeras coletividades e associações de carácter desportivo, cultural ou recreativo.
O concelho é terra de artistas plásticos, evidenciando-se nomes como Soares dos Reis e Teixeira Lopes.
É também berço de pescadores, como é o caso dos pescadores da Afurada, conhecida como uma típica localidade piscatória da freguesia de S. Pedro da Afurada, onde os seus habitantes apresentam uma pronúncia própria e se habituaram, desde há muito, a ver as mulheres vestidas de negro. É aqui que se realiza a romaria de S. Pedro da Afurada que, além da festa popular com o espetáculo de fogo de artifício, encerra uma forte componente religiosa que tem o seu auge na procissão em homenagem a S. Pedro.
Algumas das danças tradicionais do concelho são: o malhão, a tirana, o vira de cruz, o vira de meia volta, a pastorinha, a rabela, bonita-ó-linda e a rusga.
Do artesanato fazem parte a olaria, os brinquedos de madeira, a cerâmica, a cestaria, a talha e trabalhos feitos com conchas e búzios.
Economia
O vinho do Porto é um dos ex-líbris de Vila Nova de Gaia, sendo tratado e armazenado nas caves que se situam no centro histórico do concelho. A cerâmica artística é uma das vertentes da sua indústria que se estende por diversos ramos, desde a metalurgia, serralharia, têxtil e confeções, tintas, mobiliário, materiais elétricos, plásticos, entre outras. A extração de granitos e serração de madeiras e a construção civil fazem também parte das atividades económicas do concelho. O comércio, associado à implantação de grandes superfícies, desde hipermercados a centros comerciais, é um dos setores que têm conhecido maior expansão, atraindo inúmeros visitantes de concelhos vizinhos. Vila Nova de Gaia é cada vez menos uma "cidade dormitório", ou "satélite" do Porto, como é muitas vezes referida, criando gradualmente a sua própria dinâmica de crescimento, nomeadamente através do aumento do número de postos de trabalho.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Vila Nova de Gaia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 03:53:22]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais