Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Zâmbia

Geografia

País da África Austral. Faz fronteira com a República Democrática do Congo, a norte, a Tanzânia, a nordeste, o Malawi e Moçambique, a leste, o Zimbabwe, o Botswana e a Namíbia, a sul, e Angola, a oeste. Abrange uma área de 752 618 km2. As principais cidades são Lusaca, a capital, com 2 179 000 habitantes (2015), Ndola, Kitwe e Kabwe.
Cataratas Vitória, na Zâmbia
Bandeira da Zâmbia

O país é constituído, na sua maior parte, por um planalto, situado entre 900 e 1500 metros de altitude. A fronteira sul do país é delimitada pelo rio Zambeze e a fronteira sudoeste pelo deserto do Calaári. A Zâmbia é drenada pelos rios Congo e Zambeze que, na fronteira com o Zimbabwe, perto de Livingstone, tem um enorme desnível no leito, formando as cataratas de Vitória (no Zimbabwe), as mais altas do mundo.


Clima

Tem um clima tropical de altitude. No Sul, o clima é mais seco.


Economia

A economia zambiana depende fundamentalmente da extração mineira. O cobre é o único produto que tem oferecido algum desenvolvimento à Zâmbia e constitui 95% das exportações. As minas foram nacionalizadas a seguir à independência, pelo que a flutuação dos preços mundiais do cobre afeta diretamente a economia deste país africano. A agricultura, de raiz tradicional, só consegue exportar algum tabaco.

Os principais parceiros comerciais da Zâmbia são a África do Sul, o Japão, a Arábia Saudita e o Reino Unido.


População

A Zâmbia tinha, em 2015, 15 972 000 habitantes, 42% dos quais vivendo nas cidades. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 41.5%o e 12,2%o (2017). A esperança média de vida é de 52,7 anos.

Os principais grupos étnicos são os Bemba (21%), os Tonga (13.6%) e os Chewa (7.4%). O cristianismo é maioritário, sendo os protestantes 75.3%, os católicos 20.2%. A maioria dos zambianos fala o banto, existindo ainda oitenta dialetos, mas a língua oficial é o inglês.


História

O êxodo para as cidades ocorreu principalmente após a independência. O processo de colonização teve início em 1890 sob a égide da Companhia Inglesa da África do Sul. A evolução das estruturas políticas deve-se em parte à criação do sindicato dos mineiros que progressivamente veio contrabalançar a influência dos europeus. A 24 de outubro de 1964 o antigo protetorado britânico da Rodésia do Norte tornou-se o Estado soberano da Zâmbia.

O governo que resultou das eleições de 1991 tomou medidas no sentido de promover a livre iniciativa empresarial para evitar o declínio agrícola e industrial. Nas eleições de 2001 foi eleito presidente Levy Mwanawasa que, numa campanha anticorrupção levada a cabo em 2002, levou à prisão o anterior presidente Frederick Chiluba e muitos dos seus apoiantes.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Zâmbia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-20 04:12:38]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais