lei de Coulomb

A lei de Coulomb foi estabelecida em 1785 pelo engenheiro e físico francês Charles Augustin de Coulomb.
Esta lei é o resultado de várias experiências realizadas por Coulomb e outros cientistas sobre a força exercida por uma carga pontual sobre outra.
A lei de Coulomb estabelece a relação existente entre duas cargas elétricas e pode ser enunciada como: a força (por vezes designada por força de Coulomb) que exercem entre si duas partículas com carga - consideradas como cargas pontuais Q1 e Q2, afastadas entre si da distância d - é diretamente proporcional ao produto das cargas e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre elas.
Esta lei é habitualmente traduzida através da seguinte expressão matemática:
F = Q1.Q2 / 4ped2, onde F é a força que existe entre as duas partículas e vem expressa em newton (N), Q1 e Q2 são as cargas elétricas pontuais e vêm expressas em Coulomb (unidade do S.I. de carga elétrica), d é a distância entre as duas cargas e vem expressa em metros (m) e e é a permitividade absoluta do meio interveniente.
A permitividade absoluta pode ser relacionada com a permitividade relativa (er - constante dielétrica) e com a constante elétrica (e0): e = er ´ e0.
Como referenciar: lei de Coulomb in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-21 19:29:49]. Disponível na Internet: