MOMENTOS WOOK - 20% de desconto em todos os livros

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Chandigard
favoritos

Cidade da Índia cuja conceção urbanística é da autoria do arquiteto suíço Le Corbusier, pseudónimo de Charles-Edouard Jeanneret, (1887-1965), cuja tarefa se assemelha ao projeto levado a cabo por Niemeyer em Brasília.
Foi projetada para 500 mil habitantes. Nomeado em 1950 conselheiro para a arquitetura do governo do Punjab, Índia, Le Corbusier será igualmente responsável pelo risco de quatro palácios: o Parlamento, o Palácio dos Ministérios, a Casa do Governo e o Palácio da Corte. Aqui tem a possibilidade de aplicar todas as ideias do zoning com a separação da zona habitacional da industrial por uma cinta arborizada. O edifício que alberga os ministérios é na realidade uma união de seis corpos por meio de um brise-soleil contínuo que havia sido experimentado na Unidade de Habitação de Marselha ou Cidade Radiosa. Outros arquitetos intervieram neste projeto grandioso.
De 1951 a 1954 estiveram presentes Maxwell Fry e Jane Drew, e de 1951 a 1965 o arquiteto Pierre Jeanneret.

Peças de cerâmica, no jardim de pedra em Chandigarh
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Chandigard na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-27 23:13:06]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe