Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

fetos (botânica)
favoritos

Os fetos são plantas vasculares que apresentam verdadeiras raízes, caules e folhas e que se reproduzem por esporos. Constituem um grupo muito diversificado de plantas pteridófitas, usualmente incluído nas Filicophyta. A dimensão dos fetos é muito variável, desde plantas pequenas a arbóreas.
Nos fetos, as folhas são, geralmente, designadas de frondes.
A maioria dos fetos é heterospórica, mas existem algumas espécies aquáticas homospóricas.
Feto-ordinário (Pteridium aquilinum)
Feto-real (<i>Osmunda regalis</i>)
Folhas de Blechnum spicant
Feto-dos-montes (<i>Pteridium aquilinum</i>)
Uma das características dos fetos é o facto das suas folhas serem geralmente muito recortadas
Os esporângios ocorrem isoladamente ou agrupados em soros, normalmente na parte inferior da estrutura foliar, embora possam ser marginais. Os esporos são de pequena dimensão e muito numerosos.
Os gametófitos são, geralmente, de dimensão reduzida e, muito frequentemente, fotossintéticos.
A fertilização dos fetos implica, normalmente, a presença de água, que permita que o esperma produzido pelos anterídios possa atingir os arquegónios.
A maior parte dos fetos pode reproduzir-se assexuadamente (por exemplo: rebentos formados de raízes, de protálos).
Os fetos distribuem-se por todo o mundo, sendo mais comuns em regiões tropicais e subtropicais.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – fetos (botânica) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-30 10:57:49]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe