MOMENTOS WOOK - 20% de desconto em todos os livros

Morro da Pena Ventosa

Rui Couceiro

Pedra e Sombra

Burhan Sönmez

Geração D

Carlos de Matos Gomes

2 min

Fred Hoyle
favoritos

Físico astrónomo britânico, Fred Hoyle nasceu em Bingley, no West Riding de Yorkshire, em Inglaterra, a 24 de junho de 1915 e faleceu em Inglaterra a 21 de agosto de 2001.
Foi educado na Bingley Grammar School e no Emmanuel College em Cambridge onde estudou Matemática. Em 1936 licenciou-se pela Universidade de Cambridge. Em 1939, foi eleito membro do St John's College em Cambridge e, durante a Segunda Guerra Mundial, realizou pesquisas para o Almirantado Britânico. Em 1957, Fred Hoyle foi eleito membro da Royal Society e, em 1972, foi consagrado cavaleiro do Império Britânico, podendo ostentar o título de "Sir".
Em reconhecimento do seu trabalho científico foi nomeado Plumian Professor of Astronomy and Experimental Philosophy da University of Cambridge em 1958, permanecendo neste cargo até 1972.
Um marco importante na sua carreira foi ter fundado, em 1967, o Institute of Astronomy, da University of Cambridge. Este é, até hoje, um dos principais centros de pesquisa em Astronomia e Astrofísica em todo o mundo.
Em 1969 foi eleito membro da National Academy of Sciences, dos Estados Unidos, a mais alta distinção concedida por esta academia a cientistas estrangeiros.
Fred Hoyle foi presidente da Royal Astronomical Society entre 1971 e 1973. A sua intensa vida académica levou-o a ser professor visitante de numerosas universidades britânicas e norte-americanas, incluindo o California Institute of Technology, nas áreas de astronomia e astrofísica. Foi também professor visitante na Cornell University, onde recebeu o título de "Professor-at-Large". Em 1997, recebeu o Crafoord prize, da Academia Real de Ciências da Suécia. Este premeia trabalhos em campos não atribuídos nos prémios Nobel.
Fred Hoyle realizou várias contribuições genuínas e significantes para a física e astronomia. Entre elas encontram-se os minuciosos estudos de modelagem da estrutura das estrelas, nucleossíntese, teorias de acréscimo, cosmologia, teorias de formação de estrelas e de condensação de planetas.
Em 1958, Fred Hoyle, juntamente com o físico norte-americano William Fowler, realizou uma importante descoberta sobre a maneira pela qual os elementos químicos pesados são formados por processos nucleares que ocorrem no interior das estrelas-gigantes.
Fred Hoyle propôs ainda a teoria do Estado Estacionário para descrever o Universo.
Hoyle foi um crítico feroz da teoria do Big Bang na descrição da formação do Universo e um defensor incansável da Teoria do Estado Estacionário.
A polémica científica sempre fez parte da carreira de Fred Hoyle. Pode dizer-se que Hoyle gostava de navegar contra a corrente, de discordar do que era comummente aceite.
Morreu aos 86 anos de idade.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Fred Hoyle na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-07-21 18:36:02]. Disponível em

Morro da Pena Ventosa

Rui Couceiro

Pedra e Sombra

Burhan Sönmez

Geração D

Carlos de Matos Gomes