Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Picídeos
favoritos

Família de aves, da ordem dos piciformes, constituída por duzentas e trinta espécies. As aves desta família são de tamanho médio ou pequeno. Alimentam-se principalmente de insetos e das suas larvas que perfuram a madeira, local de onde são extraídas pelos seus poderosos bicos. A cauda dos Picídeos é rígida e é utilizada como propulsor quando trepam às árvores. A sua língua muito comprida é utilizada para procurar comida na galeria dos insetos. A maior parte das espécies, quando estabelece território na primavera, tamboreia com os bicos nos ramos mortos, troncos de árvores mortas e postes telefónicos. O tamborear é característico nos dois sexos. A plumagem dos Picídeos é, frequentemente, colorida e a maioria dos machos tem coroa vermelha. O voo é ondulante e as asas fecham-se completamente após cada série de batimentos. Vivem principalmente em bosques e florestas, embora algumas espécies se encontrem em terreno aberto. Todas as espécies nidificam em buracos que na maior parte são escavados nas árvores pelas próprias aves. Por vezes, utilizam o mesmo ninho em anos seguidos. Têm as patas com quatro dedos, dois voltados para diante e dois para trás, o que permite trepar. O pica-pau-verde, o pica-pau-malhado-grande, o pica-pau-mediano, o pica-pau-negro (ou peto-preto), o peto-verde e o peto-de-cabeça-cinzenta são exemplos de Picídeos.
Peto, ave exemplar da família dos Picídeos
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Picídeos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-26 01:14:10]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe