MOMENTOS WOOK - 20% de desconto em todos os livros

Morro da Pena Ventosa

Rui Couceiro

Pedra e Sombra

Burhan Sönmez

Geração D

Carlos de Matos Gomes

1 min

Robert Whitman
favoritos

Artista norte-americano, Robert Whitman nasceu em 1935, na cidade de Nova Iorque. Aos 18 anos entrou para a Rutgers University, onde estudou Literatura até 1957, tendo no ano seguinte entrado para o curso de História de Arte, na Columbia University. Ainda na década de 50, Whitman concebeu as suas primeiras obras consideradas, na época, inovadoras por utilizar as novas tecnologias como material artístico. Mestre na arte da performance, o seu envolvimento com o multimédia iniciou-se nos começos da década de 60, quando expôs os seus trabalhos, juntamente com outros artistas, em espaços experimentais como as galerias Hansa e Martha Jackson. Com a colaboração de Billy Klüver, Robert Rauchemberg e Fred Waldhauer, Whitman fundou, em 1966, o Experiments in Art and Technology (E.A.T.), cujo principal objetivo era incentivar e dinamizar o trabalho conjunto de artistas, engenheiros, técnicos e cientistas. O E.A.T. contou com mais de mil membros e foi um modelo organizacional para numerosas instituições de todo o mundo, como universidades, laboratórios e museus. No final da década de 60, realizou algumas exposições individuais, nomeadamente no Jewish Museum, em Nova Iorque, e no Museu de Arte Contemporânea, em Chicago. Trabalhou no pavilhão da Pepsi, no contexto da Expo'70 realizada no Japão, na exposição Art & Technology Show, em Los Angeles e, em 1973, foi o responsável pela inauguração da série Projects, no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. A partir de 1980, foram vários os museus e galerias que acolheram projetos da sua autoria, sendo dados a conhecer ao grande público em exposições individuais ou incluídos em mostras coletivas: Museu Stedelijk, em Amesterdão; Moderna Museet, em Estocolmo; PaceWildenstein Gallery, em Nova Iorque; Centro Georges Pompidou, em Paris; Whitney Museum of American Art, em Nova Iorque; Fundació La Caixa, em Barcelona; e Museu de Serralves, no Porto.
Robert Whitman foi um dos primeiros autores a incorporar a tecnologia laser na sua arte e combina, nas suas obras artísticas, variadíssimos meios de representação, desde a performance ao vivo até desenhos de dupla face e projeção, por vezes múltipla, de vídeos, como forma de provocar o espectador, chamando a sua atenção para o espaço e a realidade envolventes.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Robert Whitman na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-07-20 10:00:44]. Disponível em

Morro da Pena Ventosa

Rui Couceiro

Pedra e Sombra

Burhan Sönmez

Geração D

Carlos de Matos Gomes