Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

zeólitos
favoritos

Os zeólitos, ou zeolites, consistem numa família de silicatos (tectossilicatos) hidratados de composição e paragénese muito semelhantes. As densidades variam entre 2 e 2,4 e a dureza entre 3,5 e 5,5.
Os zeólitos são aluminossilicatos hidratados de metais alcalinos e alcalinoterrosos que contêm sódio, cálcio, bário, estrôncio ou potássio. São minerais secundários que ocorrem em cavidades e filonetes de rochas ígneas básicas.
Pertencem a este grupo a analcima (ou analcite), natrolite (ou natrólito), chabacite, heulandite e estilbite.
Os zeólitos apresentam uma rede cristalina característica, com uma estrutura aberta, onde, por vezes, ocorrem moléculas orgânicas, o que os converte em absorventes muito eficazes e contribui para a sua utilização em cromatografia e como permutadores de iões.
Devido à característica de possuírem uma desidratação contínua, parcialmente reversível, os zeólitos são utilizados como peneiros moleculares.
São ainda utilizados no fabrico de gasolina, benzina e tolueno, a partir de matéria-prima bruta não refinada como o carvão e o metanol.
Atualmente fabricam-se zeólitos artificialmente, que possuem as mesmas aplicações que os naturais. A permutite é um zeólito sintético utilizado para purificar a água dura.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – zeólitos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-22 15:01:58]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe