filhona

aumentativo feminino singular de filho
aumentativo feminino singular de filhós

Será que quis dizer filhó?

favoritos
fi.lhoseparador fonéticaˈfiʎu
nome masculino
1.
indivíduo do sexo masculino em relação aos seus pais ou a cada um deles
2.
descendente
3.
indivíduo natural de uma localidade
4.
rebento ou gomo de uma planta
5.
popular expressão de carinho
6.
popular expressão irónica e condescendente
7.
figurado produto; efeito; consequência
8.
[com maiúscula] RELIGIÃO a segunda pessoa da Santíssima Trindade
adjectivo
procedente; resultante
Do latim filĭu-, «idem»
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – filho no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa sem Acordo [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-30 01:52:09]. Disponível em

Língua Gestual Portuguesa

ver a entrada filho

thumbnail gesto
ver

Provérbios

  • A brincar, a brincar é que o macaquinho faz um filho à mãe.
  • A pai avarento, filho pródigo.
  • A pai ganhador filho gastador.
  • A quem Deus não deu filhos, deu-lhe o diabo sobrinhos.
  • A quem matares o pai não lhe cries o filho.
  • Antes filho de pobre que escravo de rico.
  • Aonde há filhos, nem parentes, nem amigos.
  • Aos padres tirou Deus os filhos, deu-lhes o diabo os afilhados.
  • Bem fiei pois meu filho criei.
  • Boa maçaroca fia quem seu filho cria.
  • Cadela apressada faz filhos cegos.
  • Cadelas apressadas parem filhos tortos.
  • Carne de acém é pouca e sabe bem, mas não é para quem filhos tem.
  • Casa de pais, escola de filhos.
  • Casa o filho quando quiseres e a filha quando puderes.
  • Casa teu filho com seu igual e de ti não dirão mal.
  • Casa tua filha com o filho do teu vizinho.
  • De maus filhos, maus amigos.
  • De pai coxo, filho aleijado.
  • De pai santo, filho diabo.
  • De pai vilão, filho fidalgo, neto ladrão.
  • De uns fazeis filhos e de outros enteados.
  • É mais dispendioso sustentar um vício que dois filhos.
  • Filho aborrecido nunca recebe bom castigo.
  • Filho alheio come muito e chora feio.
  • Filho bastardo muito bom ou muito velhaco.
  • Filho da minha filha, toma pão e senta-te aqui; filho da minha nora, toma o pão e vai-te embora.
  • Filho de avarento sai pródigo.
  • Filho de burro não sai cavalo, nem de cabrito sai bode.
  • Filho de burro um dia dá coice.
  • Filho de gato mata rato.
  • Filho de nobre, nobre é.
  • Filho de peixe, sabe nadar.
  • Filho és, pai serás; conforme fizeres, assim acharás.
  • Filho sem dor, mãe sem amor.
  • Filho tardio, fica órfão cedo.
  • Filhos criados, trabalhos dobrados.
  • Filhos da minha filha meus netos são, filhos do meu filho serão ou não.
  • Ganhe meu inimigo e conserve eu meu filho.
  • Não fies nem confies, nem filhos de outros cries.
  • Os filhos da minha filha meus netos são, e os da minha nora serão ou não.
  • Os filhos dizem ao soalheiro o que ouvem ao fumeiro.
  • Ovelha de casta, pasto de graça e filho de casa.
  • Pai galego, filho fidalgo, neto ladrão.
  • Pai ganhador, filho gastador.
  • Pai impertinente faz o filho desobediente.
  • Pai rico, filho nobre, neto pobre.
  • Quando a raposa anda aos grilos, mal da mãe, pior dos filhos.
  • Quem compra pão de praça e vinho de taverna, filhos alheios governa.
  • Quem meus filhos beija, minha boca adoça.
  • Quem não se sente, não é filho de boa gente.
  • Quem tem filhos tem cadilhos; quem os não tem, cadilhos tem.
  • Quem traz filho na escola, traz burro à argola.
  • Se queres que teu filho cresça, lava-lhe os pés e rapa-lhe a cabeça.
ver+

Citações

  • "E dará à luz um filho, e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados."Bíblia
  • "Onde poderemos nós alguma vez encontrar alguém que tenha recebido (...) mais benefícios do que aqueles que os filhos receberam dos pais."Xenofonte
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – filho no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa sem Acordo [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-30 01:52:09]. Disponível em