anemia

nome feminino
Diminuição abaixo do normal do número de eritrócitos existentes em 1mm3 de sangue e da quantidade de hemoglobina e de glóbulos brancos existentes em 100 cm3 de sangue. As anemias podem classificar-se em primárias ou secundárias consoante são devidas a doenças do tecido hematopoiético ou a doenças de outros órgãos. Preferentemente, contudo, as anemias classificam-se conforme a etiopatogenia, a morfologia dos eritrócitos (tamanho, conteúdo em hemoglobina, etc.), associando-se também estas duas classificações ao denominar-se determinada anemia. São muito diversos os tipos ou grupos de anemias.
anemia aclorídrica ou aquílica
Anemia com aquilia gástrica.
anemia acréstica
Anemia megaloblástica semelhante à anemia perniciosa, mas de etiologia diferente.
anemia aguda
Anemia que surge repentinamente.
anemia alimentar
Anemia devida a alimentação deficiente; anemia carencial.
anemia aplástica
Anemia por falta de regeneração das células sanguíneas na medula óssea e que pode ser primitiva (primária) ou secundária (leucemias, neoplasias, infeções, tóxicos, etc.); anemia arregenerativa, anemia atrófica.
anemia drepanocítica ou drepanocitose
Anemia caracterizada pela presença de HbS e células falciformes ou hematias em meia lua. Anemia que só surge na raça negra e que se transmite em forma dominante; anemia que evolui por crises.
anemia eliptocítica
Anemia caracterizada pela existência de eritrócitos elípticos. É transmitida em forma autossómica dominante.
anemia esferocítica ou esferocitose
Anemia caracterizada pela existência de hematias esféricas, pouco resistentes e facilmente hemolisadas. É transmitida de forma autossómica dominante; icterícia hemolítica constitucional.
anemia essencial
Forma de anemia idiopática.
anemia ferropénica
Anemia caracterizada por défice de ferro, aumento da transferrina, hipocromia e microcitose. É uma anemia muito frequente e de múltiplas etiologias.
anemia globular
Anemia por diminuição do número de hematias.
anemia hemolítica
Anemia devida a destruição maciça de eritrócitos. Segundo a sua etiopatogenia podem dividir-se em: anemias hemolíticas heredoconstitucionais, como a drepanocitose, a talassémia, a eliptocítica, a esferocítica, etc.; as anemias hemolíticas adquiridas, de origem imunológica, por autoanticorpos infeciosos, tóxicos, por agentes físicos ou cardioangiopáticos; e as anemias hemolíticas devidas a mecanismos desconhecidos ou pouco claros.
anemia hemorrágica
Anemia por perdas sanguíneas.
anemia hipercrómica
Anemia em que a hemoglobina não diminui na mesma proporção que as hematias.
anemia hipocrómica
Anemia em que a hemoglobina diminui mais do que os eritrócitos.
anemia idiopática ou essencial
Anemia de mecanismo e causas desconhecidas.
anemia isocrómica
Anemia em que a hemoglobina diminui na mesma proporção que as hematias.
anemia leucoeritroblástica
Anemia caracterizada pela presença de leucócitos e eritrócitos imaturos.
anemia megaloblástica
Anemia caracterizada pela existência de megaloblastos.
anemia mielopática
Anemia por alterações da medula óssea.
anemia normocítica
Anemia por redução das hematias sem alteração do seu conteúdo hemoglobínico, nem do seu tamanho.
anemia perniciosa
Anemia megaloblástica por má absorção de vitamina B12, por diminuição da secreção de fator intrínseco.
anemia sideroacréstica ou sideroblástica
Anemia hipocrómica hipersiderémica, caracterizada pela presença na medula de um grande número de sideroblastos.
De an- e do grego haîma «sangue» e -ia
Como referenciar: anemia in Dicionário infopédia de Termos Médicos [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 18:13:40]. Disponível na Internet: