placenta

nome feminino
Órgão arredondado e esponjoso situado no interior do útero e que assegura as trocas fetomaternais e a regulação hormonal durante a gravidez, e ao nível da qual se estabelecem as trocas nutritivas e onde as circulações sanguíneas fetal e maternal entram em contacto. Essas circulações são contudo separadas por uma barreira (barreira placentária). A placenta forma-se aos três meses de gestação a partir do córion do embrião e da decídua basal do útero. É constituída por uma porção interna, ou fetal, e uma porção externa, ou materna. A porção fetal é atapetada pelo córion e pelo âmnios, onde se ramificam os vasos do cordão umbilical através do qual se liga ao feto e a porção materna, que está aderente ao útero, é dividida por sulcos profundos em lóbulos, também denominados cotilédones.
placenta accreta
Placenta cujas vilosidades estão inseridas numa caduca alterada pelo que penetram muito profundamente na musculatura uterina dificultando a sua clivagem durante o parto.
placenta anular
Placenta que se prolonga para o interior do útero, como um anel.
placenta bilobada ou bipartida
Placenta formada por duas massas de tecido.
sinónimo
placenta dupla
placenta cirsoide
Placenta cujos vasos são varicosos.
placenta dupla
Placenta bilobada.
placenta encarcerada
Placenta que é retida depois do parto por espasmo ou por contractura do útero.
placenta fetal
Porção da placenta que está diretamente ligada ao feto através do cordão umbilical.
placenta materna
Porção da placenta ligada diretamente ao útero.
placenta prévia
Placenta com uma inserção defeituosa na parte inferior do útero, pelo que pode ser causa de grandes hemorragias ao apresentar-se antes do parto durante a expulsão do feto.
Do latim placenta
Como referenciar: placenta in Dicionário infopédia de Termos Médicos [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-27 07:44:00]. Disponível na Internet: