vacina

nome feminino
Preparado que tem a capacidade antigénica de fazer a profilaxia imunológica ativa contra uma determinada doença. As vacinas administram-se, na maior parte dos casos, por via parentérica (intramuscular, subcutânea ou escarificação).
vacina antiamarílica
Vacina contra a febre amarela, obtida de vírus atenuados por diversas passagens em culturas de tecidos. A imunidade adquirida tem uma duração entre 6 a 9 anos.
vacina anticolérica
Vacina contra a cólera, obtida a partir de vibriões mortos. A imunidade adquirida é de apenas 6 meses e em 50% dos casos.
vacina anticoqueluche
Vacina contra a tosse convulsa, que se administra em três doses com intervalos de 1 mês. Obtém-se a partir de uma suspensão de Haemophillus pertussis mortos.
vacina antidiftérica
Toxoide diftérico administrado em três doses intervalados de 1 mês.
vacina anti-hepatite B
Vacina inativada, obtida de antigénios do plasma de indivíduos portadores.
vacina antiparotidite
Vacina preparada com vírus mortos para a imunização contra a parotidite epidémica.
vacina antipoliomielítica
Vacina obtida a partir de estirpes virulentas inativadas pelo formol (vacina de Salk) ou inativadas pela propiolactona formolada (vacina de Lépine), que se administram por via subcutânea. Existe ainda uma vacina oral (vacina de Sabin-Kaprowski) obtida a partir de estirpes atenuadas por diversas passagens por roedores ou culturas de tecidos.
vacina antirrábica
Vacina profilática contra a raiva que se obtém a partir de vírus vivos atenuados (vacina Pasteur) ou de vírus atenuados e inativados pelo formol (vacina de Fermi). A vacina contra a raiva administra-se durante 15 a 18 dias em doses crescentes e por via subcutânea.
vacina antirrubéola
Vacina obtida a partir de estirpes atenuadas do vírus da rubéola. Dá uma imunidade bastante duradoura.
vacina antissarampo
Vacina contra o sarampo, obtida a partir de vírus vivos atenuados.
vacina antitetânica
Toxoide tetânico utilizado na imunização contra o tétano e que se administra em três doses, com intervalos de um mês.
vacina antitifóide-paratifóide
Vacina TAB.
vacina antitosse convulsa
Vacina anticoqueluche.
vacina antituberculosa
bCG
vacina antivariólica
Vacina preparada a partir do vírus da vacina e que se administra por escarificação ou por injeção intradérmica. Confere imunidade durante 3 anos. A vacinação antivariólica foi abandonada desde a erradicação da doença em 1975.
vacina antiviral
Vacina contra a gripe obtida a partir de vírus gripais cultivados em embriões de frango. As cepas víricas variam anualmente, consoante as recomendações da OMS.
vacina autógena
Vacina preparada de microrganismos extraídos de lesões do próprio indivíduo a quem vai ser feita a vacinação.
sinónimo
autovacina
vacina BCG
Vacina contra a tuberculosefeita com bacilos tuberculosos que perderam virulência através de numerosas passagens em meio decultura com bílis. A estes bacilos dá-se a designação de bacilos de Calmette-Guérin. Administra-se por via intradérmica, por escarificação ou, mais raramente, por via oral.
vacina DT
Confere imunidade durante 5 anos.
vacina DTC
Vacina mista que inclui vacina antidiftérica, antitetânica e anticoqueluche. Administra-se, por via subcutânea, em três doses com intervalos de 20 a 30 dias. É necessária uma vacinação de reforço um ano após a última injeção. Confere imunidade por um período de cerca de 4 anos.
vacina heteróloga
Vacina em que o produto vacinal é extraído de um indivíduo diferente do que se vai vacinar.
vacina homóloga
Vacina autógena.
vacina polivalente
Vacina efetuada com múltiplas vacinas para imunização contra diversas doenças.
vacina quádrupla
Vacinação em que se associam toxoides diftérico e tetânico e vacina contra a coqueluche e a poliomielite (vacina de Salk).
vacina TAB
Vacina formada por uma suspensão de bacilos tíficos e paratíficos A e B inativados. Administra-se por via subcutânea (3 injeções no adulto e 4 na criança) com intervalos de 7 a 10 dias. Confere imunidade entre 4 a 5 anos.
vacina TABC
Vacina antitifoide e paratifoide A,B e C.
vacina TABDT
Vacina polivalente em que se associam as vacinas contra a febre tifoide, contra as paratifoides A e B, contra a difteria e contra o tétano. Administra-se por via subcutânea (3 injeções no adulto e 4 na criança) com intervalos de 15 dias. Faz-se vacinação de reforço um ano depois, Confere imunização durante 4 anos.
vacina tripla
Vacina em que se associam toxoides diftérico, tetânico e vacina anticoqueluche.
vacina vírica
Vacina obtida a partir de vírus inativados ou de frações de vírus.
Do francês vaccine
Como referenciar: Porto Editora – vacina no Dicionário infopédia de Termos Médicos [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-08-04 04:24:35]. Disponível em