Fiéis de Deus

O topónimo alude ao culto das almas do Purgatório ("fiéis a Deus"), assim referidas em documentos antigos. Ainda havia Irmandades dos Fiéis de Deus no século XVII. Na Idade Média, lembra Alexandre Herculano, sepultavam-se os justiçados à beira dos caminhos, em covas simples; e o povo, considerando que o defunto já tinha expiado o seu crime e ficara "fiel a Deus", ia-lhes cobrindo aos poucos a sepultura com pedras, ficando aqueles lugares conhecidos como dos Fiéis de Deus.
Como referenciar: Porto Editora – Fiéis de Deus no Dicionário infopédia de Toponímia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-16 21:52:04]. Disponível em