À Espera de Godot

Farsa metafísica de Samuel Beckett publicada em 1952. É considerada a obra-prima inaugural do teatro do absurdo. A estagnação da ação e a prolixidade das réplicas ilustram a amarga ironia de procurar um sentido para a existência sem o encontrar.
Como referenciar: À Espera de Godot in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-13 20:58:18]. Disponível na Internet: