À Esquina

Volume de folhetins de Fialho de Almeida, publicado em 1903, subintitulado "Jornal dum Vagabundo", de cuja variedade ressalta mais uma vez a abordagem da vida literária e artística portuguesa, nomeadamente em "Escritores dramáticos e seu público", em que o autor reflete sobre as dificuldades da arte teatral em Portugal, e "Em Coimbra - Récitas de estudantes", onde historia algumas etapas da história académica dessa cidade, com destaque para o período da geração de Antero e Teófilo e da emergência da Questão Coimbrã. Contudo, o texto mais conhecido é seguramente o primeiro, que prefacia a obra: "Eu (autobiografia)". Nesse texto memorialista, em que simultânea e constantemente ironiza sobre os processos da autobiografia, o escritor não apenas alude aos episódios mais marcantes da sua existência como também tece considerações sobre a sua própria obra literária e as características da sua escrita: a preferência pelos assuntos humildes, o sentimento paisagístico, o carácter fragmentário da sua obra, o estilo "brutal".
Como referenciar: À Esquina in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-20 00:12:30]. Disponível na Internet: