A Máscara Social

Comédia-drama em três atos, de Alfredo Possolo Hogan, de 1861, cuja ação decorre em Lisboa, na atualidade, com a qual o autor visa expôr as várias máscaras sociais de que enferma a sociedade portuguesa, pondo em cena personagens que incarnam os vários rostos da falsidade, outras que, conhecendo-os, hipocritamente preferem ignorá-los, e outras ainda que decidem expô-los.
Como referenciar: Porto Editora – A Máscara Social na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-17 18:28:28]. Disponível em