A Vida de Zola

Drama biográfico norte-americano realizado em 1937 por William Dieterle, The Life of Emile Zola foi interpretado por Paul Muni, Gale Sondergaard, Joseph Schildkraut, Gloria Holden, Donald Crisp e Erin O'Brien-Moore, entre outros. O argumento foi escrito por Norman Reilly Raine, Heinz Herald e Geza Herczeg, baseado numa história dos dois últimos. Narra a história real do escritor francês Émile Zola (Paul Muni), censurado pelo governo e pelo público quando publicou o livro Nana, baseado nas suas experiências com uma prostituta (Erin O'Brien-Moore). Contudo, à medida que o tempo passa, vai sendo aclamado como o melhor escritor francês e um símbolo de liberdade, dando voz aos que não têm voz. O seu maior desafio seria a luta pela libertação do capitão Alfred Dreyfus (Joseph Schildkraut), na sequência da qual escreveu o famoso texto "Eu Acuso...".
Venceu três Óscares: Melhor Filme, Melhor Ator Secundário (Joseph Schildkraut) e Melhor Argumento. Foi ainda nomeado para mais sete: Melhor Realizador, Ator (Paul Muni), História Original, Banda Sonora, Cenografia, Som e Assistente de Realização.
Como referenciar: A Vida de Zola in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 12:22:30]. Disponível na Internet: