ácido ascórbico

O ácido ascórbico, mais vulgarmente conhecido por vitamina C ou vitamina antiescorbútica, é uma lactona do ácido 2,3-dienolgulónico.
É um ácido instável que se decompõe por ação do calor e que se oxida rapidamente em meio alcalino.
É um composto hidrossolúvel, quimicamente semelhante aos açúcares, apresentando uma estrutura molecular simples. Embora possa ser sintetizado pela maioria dos animais superiores e pelos vegetais, é necessário na dieta alimentar do homem, dos mamíferos, da cobaia, do morcego frugívoro da Índia e de alguns peixes.
Abunda sobretudo nos citrinos, nos tomates e nas verduras tenras como o espinafre, a alface, as ervilhas, embora se encontre em quantidades mais reduzidas em quase todos os frutos e legumes.
Este ácido intervém na formação do colagénio, dos ossos e dos ligamentos. Favorece a absorção do ferro, contribui para a boa saúde dos capilares e dos dentes e para o crescimento dos tecidos e sua cicatrização.
A carência de ácido ascórbico produz danos nas paredes dos vasos capilares, hemorragias, inflamações das gengivas e pode levar ao escorbuto.
O ácido ascórbico pode ser obtido sinteticamente e pode ser administrado como complemento da dieta alimentar pobre nesta vitamina.
As necessidades de ácido ascórbico ou vitamina C para o ser humano são muito altas (cerca de 75 mg diárias).
Como referenciar: ácido ascórbico in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-12 18:33:48]. Disponível na Internet: