Addis Abeba


Aspetos Geográficos
Capital da Etiópia, Addis Abeba (ou Adis Abeba, em português) situa-se no Centro do país, sobre um planalto que fica a uma altitude compreendida entre os 2300 e os 2600 metros, tornando-a a capital mais alta de África. Apesar de se situar na zona tropical seca, a cidade consegue evitar as elevadas temperaturas das regiões vizinhas graças ao efeito amenizador da altitude. Possui cerca de 2 970 000 habitantes (2006).

História e Monumentos A cidade foi fundada em 1886 pelo imperador etíope Menelik II, crescendo gradualmente e tornando-se capital do país em 1896. Um dos contributos ainda hoje visíveis de Menelik II consiste nos numerosos eucaliptos presentes em muitas ruas. A 5 de maio de 1936, tropas italianas ocuparam a cidade, tornando-a a capital da África Italiana de Leste. Os italianos governaram-na até 5 de maio de 1941, quando a Etiópia foi libertada com a ajuda dos ingleses, regressando ao poder o imperador Haile Selassié. Em 1963, a cidade tornou-se sede da Organização para a Unidade Africana (OUA), que se dissolveu em 2002 para dar lugar à União Africana, novamente sediada em Addis Abeba. A partir de 1994, passou a ter um estatuto especial dentro do país, à semelhança de Dire Sawa. Entre os seus principais monumentos, destacam-se o Africa Hall (construído para a inauguração da sede da OUA), o Parlamento, o Antigo Palácio Imperial e a Catedral do Salvador do Mundo, a segunda maior de África.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Poucas ruas têm nome e quando têm muitas vezes estão erradas nos mapas; é por isso difícil uma orientação na cidade. É agradável passear a pé pela cidade, embora seja fácil ser incomodado por pedintes e outros indivíduos. Alguns dos seus mais notáveis edifícios são a Catedral de S. Jorge (fundada em 1896 e que também funciona como museu), a Catedral da Santíssima Trindade e o Monumento Fúnebre ao Imperador Haile Selassié, sua família e todos os que combateram os italianos. Outros locais de interesse são o Mercato, um dos maiores mercados do continente, e a impressionante Mesquita de Anwar. A sua vida noturna também é bastante ativa.


Economia
Apesar de ser uma grande cidade, possui ainda uma significativa atividade agrícola e pecuária. Possui também uma significativa atividade comercial, assim como os serviços que se relacionam com o governo e a administração. A taxa de desemprego na cidade é muito elevada, especialmente entre os trabalhadores não qualificados. Existe muita procura de profissionais das tecnologias da informação, uma vez que as empresas deste ramo estão em franco crescimento. A cidade é também uma das maiores sedes de organizações não governamentais do mundo, que são conhecidas por pagarem bons salários. É servida pelo aeroporto internacional de Bole.
Como referenciar: Addis Abeba in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 01:45:01]. Disponível na Internet: