Aeroporto de São Paulo/Guarulhos

O Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos - Governador André Franco Montoro fica situado em Guarulhos a 25 quilómetros do centro de São Paulo, no Brasil.
Inaugurado a 20 de janeiro de 1985, também é conhecido por Aeroporto de Cumbica, nome do bairro onde está localizado.
É considerado o aeroporto mais importante do Brasil, apesar de ser o segundo mais movimentado do país. O Aeroporto de Congonhas, o mais movimentado, também em São Paulo, dedica-se essencialmente a voos domésticos, enquanto este recebe o tráfego internacional.
Tem duas pistas, uma com 3700 metros de extensão e a outra com 3000.
A companhia aérea portuguesa TAP proporciona ligações regulares com Lisboa e Porto.
Um novo aeroporto em São Paulo começou a ser planeado em 1947, quando o de Congonhas deixou de ser capaz de acompanhar a procura. No entanto, o assunto arrastou-se durante décadas e só em 1980 se iniciaram as obras.
A inauguração acabou por ocorrer a 20 de janeiro de 1985 quando um Boeing 747 da companhia aérea nacional brasileira Varig aterrou em Guarulhos, proveniente de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América.
Inicialmente o aeroporto só recebia voos internacionais, mas a partir de agosto de 1985 passou a acolher também ligações de cariz doméstico.
Em 1989 foi inaugurada uma segunda pista, com 3500 metros, que, mais tarde, foi ampliada em 200 metros. Dois anos depois foi inaugurada a primeira fase do Terminal 2, concluído em 1993.
A 28 de novembro de 2001 passou a ser oficialmente designado por Aeroporto André Franco Montoro, em homenagem a um antigo governador de São Paulo, falecido em 1999. Contudo, continuou a ser tratado por aeroporto de Guarulhos ou de Cumbica.
Em 2007, após um grave acidente ocorrido em Congonhas, passou a receber muitos dos voos que até então seguiam para este aeroporto paulista.
O acidente mais grave que ocorreu em Guarulhos teve lugar a 21 de março de 1989 quando um Boeing 707 de carga falhou a aproximação à pista e caiu na favela Jardim Ipanema, a dois quilómetros do aeroporto. Morreram os três tripulantes e 22 pessoas que estavam no solo.
Como referenciar: Porto Editora – Aeroporto de São Paulo/Guarulhos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-01 20:59:44]. Disponível em