Aesir

Os Aesir, juntamente com os Vanir, eram uma das raças dos deuses nórdicos.
O nome Aesir pode provir da divinização de um herói chamado Anser ou Anses ou então derivar da palavra ansu que significa "viga". Esta última explicação pode dever-se ao facto de os povos que invadiram a Germânia cerca de 2000 a. C. introduzirem os ídolos em madeira. Uma terceira explicação é a de também ser originada pela palavra ansu, mas aquela que deriva de anima, palavra latina que designa a alma, ou seja a vida.
Os Aesir eram os deuses guerreiros, ligados à força e às leis, que moravam no Asgard, sendo o seu chefe Odin.
As duas raças divinas lutaram entre si desde tempos imemoriais pois os Vanir reclamavam os mesmos direitos aos sacrifícios que tinham os Aesir ou uma quantia em ouro como indemnização da tortura da deusa Gullveig. Fizeram uma trégua na qual se trocaram reféns: os Aesir enviaram para o Vanaheim ("heim" quer dizer casa), sítio onde viviam os Vanir, o sábio e feio Mimir e o formoso Hoenir; os Vanir mandaram para o Asgard Freyr e o seu pai Njord.
Uma vez que Njord, o líder dos Vanir, tinha sido enviado como refém, Hoenir foi trocado por ele para governar em seu lugar. No entanto revelou-se um governante medíocre, não conseguindo fazer nada sem a ajuda do seu conselheiro Mimir. Então os Vanir resolveram cortar a cabeça a Mimir e mandá-la a Odin para lhe demonstrarem o seu descontentamento. Mas como Odin gostava muito de Mimir fez a sua cabeça voltar à vida tornando-a guardiã do poço da sabedoria. Este poço continha o Hvergelmir (ou Odredir?), hidromel que ao ser bebido permitia ver o que se passaria no futuro.
Por qualquer razão desconhecida os Aesir resolveram não quebrar as tréguas nem vingar-se dos Vanir em Njord ou Freyr.
Quando a paz se tornou definitiva nasceu o Anão Kvasir, que sabia a resposta verdadeira para todas as questões. Este anão nasceu de uma taça para onde tinham cuspido todos os deuses. Mais tarde, depois de dois anões o matarem, foi transformado por eles em hidromel que uma vez bebido tornava qualquer um num poeta.
Os principais inimigos dos Aesir eram os gigantes de Jötunheim, o mundo congelado.
Como referenciar: Porto Editora – Aesir na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-08-02 08:01:46]. Disponível em